Em 15/04/2018

 

Em Itaporanga, bancos rasgam Estatuto do Idoso e discriminam por idade

 



             Por Redação da Folha – Para os bancos privados e públicos de Itaporanga, as normas bancárias valem mais do que a lei vigente no país e até mais do que a própria Constituição. Esse abuso vem acontecendo há anos e sem qualquer ação das autoridades para contê-lo.

            Um dos crimes mais frequentes dos bancos contra os idosos em Itaporanga é a discriminação por idade, punível com prisão e multa conforme o Estatuto do Idoso, mas que são cometidos livremente pela certeza da impunidade. Os próprios conselhos municipais, estaduais e federal do idoso também são omissos.

            Um dos casos mais recentes foi de uma aposentada rural de 81 anos, que é correntista do Banco do Brasil de Itaporanga há anos. Ela precisou de um empréstimo consignado e há disponibilidade em sua conta, mas foi avisada pela agência que não podia pedir o crédito porque já havia passado dos 80, ou seja, está velha demais. Mais do que prejudicada, essa discriminação deixou a idosa angustiada pelo sentimento de inutilidade e descarte que a cometeu. “Todo mês eles descontam dinheiro da minha conta. Então para isso eu sirvo, mas, para fazer um empréstimo, não?, questionou a aposentada.

            Para a fundação humanitária José Francisco de Sousa, a ditatura dos bancos que se instalou no país nos últimos 15 anos faz muitas vítimas e as preferenciais são os aposentados rurais, que se tornam vulneráveis diante do poderio bancário junto ao governo e à dita grande mídia. Conforme a entidade, os bancos, principalmente os privados, exploram financeiramente os aposentados e pensionistas do campo por um longo período, através de juros abusivos e empréstimos de renovação automática, contas correntes muito taxadas e cartão de crédito indevido, mas chega um momento que esses mesmos bancos, inclusive os públicos, dizem ao aposentado: “você não tem mais direito a nada porque está velho demais”. Como nunca foram punidos, os bancos, privados e públicos, continuam cometendo os mesmos crimes.

 

       Obra jornalística protegida pela Lei nº 9.610/98. Proibida a reprodução.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados