Em 12/04/2018

 

Nível do principal açude de Itaporanga sobe e já é o maior dos últimos seis anos

 



           Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - De acordo com dados atualizados nessa quarta-feira, 11, pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o açude Cachoeira dos Alves, que abastece Itaporanga, está com 8,5 milhões de metros cúbicos d’água, o que corresponde a 80,7% de sua capacidade máxima. É o maior nível do manancial alcançado nos últimos seis anos.

           O reservatório chegou a secar no ano de 2016 por conta da estiagem que castigou a região ferozmente a partir de 2012, deixando o município em colapso hídrico. Mas, com as chuvas que caíram de janeiro até agora, o açude poderá sangrar caso as precipitações continuem. Se não chover, o nível atual do reservatório é suficiente para garantir o abastecimento da cidade até, pelo menos, agosto do ano que vem.

           O Cachoeira dos Alves tem capacidade para 10,6 milhões de m3, mas se tornou pequeno para o o tamanho populacional da cidade. Por conta disso e potencializado pelo colapso hídrico local, o Governo do Estado construiu uma adutora de engate rápido para reforçar o abastecimento d’água de Itaporanga, trazendo água da barragem Saco, de Nova Olinda, mas a obra apresentou vários problemas técnicos, o que impossibilita seu funcionamento.

           Conforme informou a Folha em postagem anterior, três açudes do Vale monitorados pela Aesa estão sangrando: o Cafundó, de Serra Grande; o Pimenta, de São José de Caiana; e o Vazante, de Diamante.  

 

            Obra jornalística protegida pela Lei nº 9.610/98. Proibida a reprodução.

 

 

 

 

 

 

 

Informes & Opinião

 

 

 

 

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados