Em 14/11/2017

 

Polícia ainda não tem pistas da autoria de assassinato em Olho D’água

 



             Por Redação da Folha – O homicídio foi no começo da manhã dessa segunda-feira, 13, no sítio Muzelo, município de Olho D’água. Segundo informações policiais, o agricultor Manoel Sérgio Batista, conhecido como Tatá, de 41 anos, estava trabalhando quando foi executado a tiros.

            Até agora a polícia não tem pistas que possam levar à autoria do crime. Também não há testemunhas do caso. O homem foi morto com vários tiros, mas as circunstâncias e as motivações do crime ainda são um mistério. O corpo foi encaminhado a Patos para exame necrológico e, depois, entregue à família para o sepultamento.

            A informação é que o agricultor, que residia no conjunto Lúcia Braga, em Olho D’água, tinha suas atividades laborais no sítio Muzelo, onde terminou executado. Conforme informações da delegacia de Piancó, ele tinha passagens pela polícia por crimes contra o patrimônio.

 

 

 

 

 

 

Informes & Opinião

Folha do Vale www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados