Em 13/03/2018

 

Prefeitura de Itaporanga embarga 6 obras nas marginais da BR-361 e revolta empreendedores

 



           Por Redação da Folha – Além de cancelar o alvará das obras de instalação de uma estação de rádio base da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que estava sendo construída na Serra do Recanto, atendendo Recomendação do Ministério Público, pelo temor de que o equipamento de comunicação policial pudesse comprometer a visibilidade do Cristo Rei, a Prefeitura também embargou, sob o mesmo argumento, mais seis obras às margens da BR-361, apesar dessas construções estarem a quase um quilômetro abaixo da estátua.

            As obras embargadas são dois postos de combustíveis, uma loja de carros, uma marmoraria, uma granja e até uma pequena residência para abrigar uma família de baixa renda. Empreendimentos de moradia e de negócios, que gerariam emprego e renda para o município, conforme um dos proprietários e que em nada comprometeriam a visibilidade do monumento católico. “Você ter um patrimônio e não poder usufruir dele é um abuso, uma coisa inaceitável, isso não existe em lugar nenhum do mundo, principalmente porque esses prédios estão bem longe do Cristo, bem abaixo da estátua e principalmente a minha construção, que fica na margem oposta da estrada em relação à direção da imagem”, comentou Douglas Leite.

            Um outro empreendedor que também está surpreso e insatisfeito com a decisão da Prefeitura de embargar uma obra sua é José Campos. Ele está lutando pelo direito constitucional ao usufruto de sua propriedade e considera que os empreendedores estão sendo vítimas de um grande abuso e que a sociedade precisa ter discernimento para compreender a profunda injustiça que eles estão sofrendo.

            Alguns deles acham estranho que nem o Ministério Público nem a Prefeitura tenham se preocupado com uma construção enorme que foi feita no topo da serra, inclusive de primeiro andar, ao lado do Cristo, para explorar comercialmente a estátua, e queiram agora embargar obras que estão a quase um quilômetro da imagem.

            Já nesta quarta-feira, 14, técnicos da Secretaria de Segurança Pública chegam a Itaporanga para vistoriar a obra da estação base que foi embargada e devem prestar esclarecimentos à população local sobre o impedimento da obra, contra o qual a secretaria poderá recorrer à Justiça.

 

              Obra jornalística protegida pela Lei nº 9.610/98. Proibida a reprodução.

 

 

 

 

 

 

 

 

Informes & Opinião

 

 

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados