Notícias >> Policial
  •  

    Em 25/06/2017

     

    Autuado por embriaguez ao volante, rapaz terminou recolhido à cadeia de Piancó

     



                    Por Redação da Folha – A prisão foi no começo da tarde deste sábado, 24. Um rapaz de 30 anos, morador da Rua Pedro Passos, no bairro Ouro Branco, em Piancó, foi preso por policiais militares depois de trafegar pelas ruas da cidade em um carro, apresentando sintomas de embriaguez alcoólica.

                    Ele foi conduzido à delegacia da cidade e confessou que havia ingerido bebida alcoólica. Autuado em flagrante pelo delegado José Pereira por embriaguez ao volante, o rapaz não pode pagar a fiança de um salário mínimo e foi recolhido à cadeia piancoense.

                    Além de não ter carteira de habilitação, o rapaz também estava com o carro com o emplacamento atrasado e o veículo foi recolhido ao pátio da Ciretran local. Como se trata de um crime de baixo potencial ofensivo, ele poderá responder em liberdade, mas já tem uma passagem na polícia por violência doméstica.

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 24/06/2017

     

    Criminosos tentam assaltar casa de empresário em Piancó e levam arma do segurança

     



                    Por Redação da Folha – Dois homens em uma moto, um dos quais de capacete e outro com um capuz e armado, tentaram assaltar uma residência na Avenida João Agripino, em Piancó, no começo da noite dessa sexta-feira, 23. A casa é do empresário Enoberto Pereira de Andrade.    

                     Os criminosos notaram o portão da área externa da residência aberto e invadiam o local, surpreendendo o segurança da casa, que teve um revólver tomado pelos assaltantes. O vigilante e sua esposa, que la também se encontrava, foram rendidos, mas os elementos não conseguiram adentrar à residência, porque o empresário estaria viajando com a família e a casa está fechada.

                    O vigilante ficou cuidando apenas da área externa que cerca a residência e vivenciou, ao lado da esposa, momentos de pânico. Depois de tomar a arma do segurança e se certificarem que o empresário não se encontrava em casa, os criminosos fugiram. Um relatório da ocorrência foi feito pela PM e encaminhado à delegacia local.

                    O empresário é proprietário de um posto de combustível na cidade (O Bizorão) e perdeu um irmão no dia 27 de março passado durante uma tentativa de assalto. Lindoberto Pereira de Andrade, de 42 anos, foi baleado dentro de sua própria residência e não resistiu. Dois criminosos invadiram sua casa, e ele teria reagido, ocasião em que sofreu vários tiros e não resistiu.

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 23/06/2017

     

    Em Itaporanga, promotor foi vítima de um crime que se tornou frequente na cidade

     



                   Por Redação da Folha – Nos últimos meses, ao menos dois proprietários de reboques foram surpreendidos por furtos dos pneus dos seus veículos. Em outro caso, o reboque foi levado inteiro. Alguns motoristas também tiveram pneus em uso ou suportes de seus carros levados por criminosos. Esse tipo de delito tornou-se frequente em Itaporanga de alguns anos para cá.

                    Nessa quinta-feira, 22, a vítima foi um promotor de Justiça. Ele deixou seu carro estacionado em frente de um residencial na cidade, quando elementos, até agora não identificados, quebraram o equipamento que sustentava o estepe, que era guardado na parte externa do veículo, e furtaram o pneu.

                    A Polícia Civil está apurando o caso e os autores do furto podem ser os mesmos que vêm agindo no município nos últimos tempos, causando prejuízo aos proprietários de veículos, e as vítimas mais frequentes são os que deixam os carros ou reboques na rua durante a noite.

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 22/06/2017

     

    Em Coremas, pedreiro é assaltado quando retornava do trabalho. Ele ficou sem a moto

     



                Por Redação da Folha – O assalto foi no começo da tarde dessa quarta-feira, 21, em uma rua do bairro Cabo Branco, em Coremas. Dois homens em uma biz, ambos de capacete e um deles armado, executaram o roubo.

                Segundo informações policiais, o pedreiro Antônio José da Silva, conhecido como Dinaro, de 56 anos, que reside no bairro, retornava do trabalho, mas, antes de chegar em casa, foi surpreendido pela dupla. Sob ameaça de tomar um tiro, a vítima foi obrigada a entregar sua motocicleta aos criminosos, que fugiram em seguida.

                O veículo tomado por assalto é uma Honda Fan vermelha, placa QSB-0854. Policiais do pelotão da cidade foram avisados do assalto e relataram o caso à delegacia de polícia. Sem transporte, agora o trabalhador precisará ir para o serviço a pé.

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 21/06/2017

     

    Vídeo com agressão em escola no Caiana cai na internet e mãe de vítima procura a polícia

     



                  Por Redação da Folha – Na última sexta-feira, 16, uma adolescente de 17 anos foi agredida por outra estudante dentro da escola pública Otaviano Lopes, em São José de Caiana. No dia da confusão, a mãe da vítima, uma dona de casa de 49 anos, esteve na escola para buscar esclarecimentos sobre o fato e conseguiu se entender com a direção escolar.

                    O caso parecia resolvido, mas, dias depois, um vídeo que mostra a briga das duas adolescentes foi postado em uma rede social. Alguém filmou a confusão e fez a postagem, expondo as adolescentes, o que é ilegal.

                    Revoltada com o que viu nas imagens e a repercussão do caso, a mãe da jovem vítima da agressão, que reside no conjunto Janduy Lopes, procurou as autoridades para tomada de providências: ela relatou o caso ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público e também prestou queixa na delegacia seccional de Itaporanga nesta quarta-feira, 21.

                    Além das agressões físicas sofridas, veio o dano moral: a publicação de imagens da adolescente em situação de constrangimento também feriu emocionalmente a vítima. A mãe quer que o caso seja apurado e os responsáveis punidos.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 19/06/2017

     

    Dois na cadeia em Coremas por furto a creche, mas uma coisa surpreendeu até mesmo à polícia

     



                   Por Redação da Folha - Uma creche municipal localizada no bairro Pombalzinho, em Coremas, teve dificuldade para funcionar nesta segunda-feira, 19, porque foi alvo de arrombamento seguido de furto, supostamente durante a madrugada: um botijão de gás, uma cafeteira e uma boa quantidade de produtos alimentícios foram levados.

                    Depois de forçarem uma porta e uma janela, dois homens chegaram ao interior do prédio público e promoveram o furto. Logo cedo, ao chegar à creche e notar o delito, o vigilante começou a investigar e descobriu que os suspeitos do delito eram moradores do próprio bairro.

                    Policiais militares foram acionados e prenderam os dois, mas somente parte dos gêneros alimentícios foi recuperada. O mais surpreendente é que, conforme a polícia, alguns dos produtos furtados havia sido comprados a um dos criminosos pela própria mãe do vigilante. Intimada à delegacia para prestar esclarecimentos, ela disse que comprou os alimentos sem saber que se tratava de produtos ilegais, e assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberada, mas ainda terá que se apresentar à Justiça.

                    Quanto aos acusados, Manoel Alves da Silva, conhecido como Chapolin, de 31 anos, e Luan de Almeida Andrade, de 23, foram autuados em flagrante por furto qualificado pelo delegado Clenaldo Medeiros e recolhidos à cadeia de Coremas. Os dois negam o crime, e um fica acusando o outro, mas, para o delegado, não há dúvidas de que os dois estão envolvidos no delito.

                    Conforme a polícia, um dos presos, Chapolin, tem várias passagens pela polícia por crimes contra o patrimônio, enquanto o outro acusado é primário, mas chegou a ser apreendido quando adolescente por ato infracional.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 17/06/2017

     

    Oito meses depois de perder marido, mulher agora perde filho por afogamento em Itaporanga

     



                   Por Redação da Folha – A casa humilde localizada na Rua Marta Batista de Moura, centro de Itaporanga, está novamente de luto e em prantos. Maria de Fátima Luiz da Silva, que virou chefe da família depois do assassinato do seu esposo, não suportou mais tanta dor e foi amparada na casa de uma parente, longe dali, e vive momentos de grande abalo emocional.

                    A notícia de mais uma tragédia bateu à sua porta na tarde deste sábado, 17: seu filho, Victor Emanoel Pereira da Silva, de 14 anos, morreu afogado enquanto banhava em um trecho do rio Piancó, nas proximidades da área urbana. Ele sabia nadar e estava com o irmão mais velho e alguns amigos, quando sofreu o afogamento, depois, supostamente de um mal súbito. “Ele foi tirado da água vomitando, mas logo morreu e, quando o Samu chegou, já estava morto”, comentou uma irmã da vítima.

                    Ao todo são dez irmãos, nove agora. Eles perderam o pai, Robeval Pereira da Silva, assassinado a facadas em um barraco de bebidas, no começo de novembro do ano passado, e, agora, mais uma tragédia. A família sempre esteve em grave vulnerabiliade em função de baixa renda.

                       O corpo do adolescente, que costumava trabalhar para ajudar no sustento da casa e não estudava, foi encaminhado a Patos para exame necrológico para a confirmação oficial da causa do óbito. Já são três mortes por afogamento do mês passado para cá em Itaporanga: duas irmãs, crianças ainda, morreram em um açude nas proximidades de sua casa, no sítio Riachão, no dia 9 de maio último. Foto: imagem do jovem ao lado da mãe nessa sexta, um dia antes do afogamento.

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 17/06/2017

     

    Prisão em Itaporanga dentro de apartamento; e em Serra Grande por violência doméstica

     



                   Por Redação da Folha – Na madrugada desta quarta-feira, 17, uma mulher de 48 anos, moradora de um apartamento na Rua Manoel Maia, em Itaporanga, acordou com um estranho dentro de sua residência.

                    Corajosa, Francimária da Silva conseguiu trancar o invasor dentro de um quarto e chamou a polícia. No momento, a mulher estava na companhia de um irmão, que foi acordado e aguardou a chegada policial, enquanto o homem se batia tentando sair do local. Ao chegarem ao apartamento, policiais militares entraram no quarto e prenderam Álisson Gerônimo, conhecido como Feim, que tentou resistir à prisão, mas foi conduzido à delegacia, onde deverá ser autuado em flagrante.

                    Dependente químico, o acusado reside na Rua da Várzea, segundo a polícia, e a intenção era certamente furtar algum objeto de valor, mas não contava com a reação da moradora do apartamento, que poderia ter sofrido alguma consequência se o invasor estivesse armado. A informação é que ele conseguiu chegar ao interior do apartamento por uma janela e já tem algumas passagens pela polícia por crimes contra o patrimônio.

                    Já em Serra Grande, a prisão foi por outro motivo. O operador de máquina Geraldo Fernando Nunes, de 29 anos, foi preso depois de quebrar a porta da casa de sua ex-companheira, que reside na Rua Estandislau Nunes, centro da cidade.

                     Depois de conseguir entrar na casa, ele tentou agredir a mulher, que chegou a ser empurrada, mas conseguiu deixar o local e acionar o destacamento da PM. Conduzido à delegacia de Itaporanga, ele foi autuado pelo delegado Ivaldo Dias e encaminhado à cadeia local. O casal está separado há seis meses e não é a primeira vez que a mulher sofre violência.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 16/06/2017

     

    Dois condutores detidos por embriaguez ao volante em Itaporanga foram afiançados

     



                    Por Redação da Folha – Detidos por policiais militares na madrugada desta sexta-feira, 16, no centro de Itaporanga, um tecelão de 30 anos e um amigo dele, um mecânico, de 54, foram conduzidos à delegacia e autuados nessa tarde.

                    Um dos condutores, que reside na Rua Professor Alencar, estava em um Fiat Uno, e o outro, morador do sítio Cantinho, em uma motocicleta. O teste do bafômetro mostrou que os dois estavam com um elevado teor de álcool no sangue.

                    Depois de passarem o resto da noite em um xadrez da delegacia, eles foram autuados em flagrante pelo delegado Ivaldo Dias por embriaguez ao volante, mas pagaram fiança de 500 reais cada um e foram soltos para responder ao processo em liberdade.

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 16/06/2017

     

    Em Itaporanga, prédio público é arrombado durante essa quinta-feira. Levaram comida

     



                   Por Redação da Folha – O prédio que sedia o Caps (Centro de Atenção Psicossocial), que é gerido pelo município, foi arrombado durante o feriado dessa quinta-feira, 15, mas não se sabe ao certo o horário. O órgão está localizado na Rua Maria de Medeiros Carvalho, centro de Itaporanga.

                    Segundo informações policiais, o prédio foi arrombado pelos fundos e lateal, depois dos autores do delito forçarem as portas. Ao chegar para o trabalho, o vigilante do órgão municipal percebeu o arrombamnto e acompanhou a inspenção da polícia no interior do prédio, mas apenas produtos alimentícios foram furtados do local, conforme ele.

                    No entanto, o Caps foi quase todo revirado e algumas portas internas forçadas. Os invasores percorreram todo prédio em busca de objetos para furtar. Até agora ninguém foi identificado. Somente este ano, ao menos quatro órgãos municipais já foram alvos de arrombamentos seguidos de furtos.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 15/06/2017

     

    Acidente de moto em área rural de Piancó nessa tarde com vítima fatal

     



                    Por Redação da Folha – O acidente foi no final da tarde dessa quinta-feira, 15, em um trecho da PB- 342 que corta o sítio Tatu, município de Piancó. Conduzindo uma moto no sentido de Coremas, o agricultor José Fábio Minervino de Sousa, de 36 anos, foi vítima de uma queda violenta.

                    Conforme informações policiais, o condutor perdeu o controle da motocicleta em uma curva e caiu violentamente. Motoristas que passavam pelo local acionaram o Samu e uma equipe esteve no local, mas a vítima já estava em óbito.

                    José Fábio residia em um conjunto habitacional em Olho D’água e, segundo informações, seguia para Coremas não se sabe com que objetivo. Seu corpo foi encaminhado para exame cadavérico em Patos e, depois, será entregue à família para o sepultamento.

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 11/06/2017

     

    Em Itaporanga, rapaz é preso depois de furtar celular do balcão de lanchonete

     



                    Por Redação da Folha – Em situação de vulnerabilidade em função da dependência química, Adão Pereira da Silva, de 32 anos, foi preso no começo da tarde desse domingo, 11, depois de furtar um celular do balcão de uma lanchonete, que fica na esquina da Avenida Getúlio Vargas com a Oswaldo Cruz, no centro de Itaporanga.

                    O acusado é morador da Rua São Paulo, em Diamante, mas veio a Itaporanga neste domingo, quando praticou o furto. Preso por policiais militares, ele foi conduzido  à delegacia e confessou o crime. Disse que havia vendido o aparelho por 40 reais.

                     O comprador do  celular, ao saber do fato, procurou a delegacia e entregou o telefone, argumentando que não sabia que se tratava de um produto de furto e foi liberado. Já o autor do crime foi autuado por furto pelo delegado Ivaldo Dias e encaminhado à cadeia pública. O celular já foi entregue ao seu proprietário, José Fernandes Sobrinho, conhecido como Zé Garapa.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 10/06/2017

     

    Jovem é preso em Boa Ventura com dinheiro falso. Ele estava em um bar, quando foi abordado

     



                   Por Redação da Folha – Morador de uma rua projetada em Princesa Isabel, o jovem Leonardo de Lima Nicácio, de 27 anos, foi preso quando bebia em um bar na cidade de Boa Ventura, no final da tarde deste sábado, 10. Ele chegou ao local em uma moto, que se encontra apreendida.

                    Com 1.700 reais em notas de 100 falsas, o homem intencionava aplicar um golpe no dono do estabelecimento, mas populares desconfiaram da postura do forasteiro e acionaram a polícia. Depois de abordarem o suspeito, policiais militares encontraram com ele o dinheiro falso e Leonardo foi conduzido ao plantão policial em Itaporanga, onde deverá ser autuado em flagrante.

                    No começo desta semana, dinheiro falso circulou no comércio de Itaporanga. Um posto de combustível foi vítima, mas, em uma operação em Imaculada, a Polícia Federal prendeu duas pessoas acusadas de distribuir cédulas falsas em todo o Sertão. Com a dupla, foi apreendida mais de 116 mil reais falsificados. Foto: parte do dinheiro falso apreendido com acusado em Boa Ventura.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 10/06/2017

     

    Em Piancó, preso homem acusado de abuso sexual contra o próprio filho de 7 anos

     



                   Por Redação da Folha – O aposentado Olávio Pereia da Silva, de 57 anos, morador da Rua Severino de Paulo Farias, em Piancó, foi preso na noite dessa sexta-feira, 9, acusado de violência sexual contra seu próprio filho, um menino de 7 anos.

                    O homem é separado da mãe do garoto, que reside no bairro Piancozinho, mas, conforme ela, o pai exigiu, sob ameaça, que todos os dias o menino fosse para sua casa. No entanto, o abuso foi na residência de um vizinho: na tarde desse sábado, o acusado ficou na casa de um amigo próximo à de sua ex-mulher e pediu para ver o menininho.

                    Quando o garoto retornou da casa, a mãe desconfiou que ele apresentava dificuldades para se sentar e, depois de muito insistir, descobriu, pela própria declaração da criança, que o pai teria utilizado o dedo para violentar o garoto, que revelou, em depoimento ao delegado, que seu genitor fazia isso constantemente.

                    Preso por policiais militares e conduzido ao plantão policial em Piancó, o aposentado foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável pelo delegado Ivaldo Dias e conduzido à cadeia piancoense. Ele nega o crime, mas um laudo sexológico confirmou uma leve irritação no ânus do garoto. “Depois que a Justiça obrigou ele a pagar pensão, ele ficou muito revoltado e sempre ameaça o filho e eu”, disse a mãe em depoimento.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 09/06/2017

     

    Justiça decreta prisão de apenas um dos 8 detidos durante operação em Santana dos Garrotes

     



                  Por Redação da Folha – Sete dos oito detidos durante operação policial no município de Santana dos Garrotes na manhã dessa quinta-feira, 8, pagaram fiança e vão responder em liberdade ao processo por posse ilegal de arma de fogo.

                    Por ordem da Justiça santanense, a pedido do delegado seccional interino Cristiano Jackson, mandados de busca e apreensão contra 19 residências na cidade e zona rural do município foram expedidos e cumpridos, mas, em menos da metade delas, foram encontrados ilícitos. Entre as apreensões, seis revólveres, uma espingarda 12, uma garrucha, roupas com características militares e um colete balístico.

                    A lavratura dos flagrantes foi feita pelos delegados José Pereira, Renato Leite e Rony Feitoza em Itaporanga. Dois dos presos não pagaram fiança na delegacia e foram levados para audiência de custódia no fórum de Piancó em função da ausência do juiz santanense.

                    Um dos presos levados à presença do juiz Diego Oliveira pagou fiança de 2 mil reais e foi solto, enquanto o segundo detido teve a prisão decretada pelo magistrado e foi recolhido à cadeia de Santana dos Garrotes. Trata-se, conforme a polícia, de Cosmo Florentino de Morais, morador do sítio  Bálsamo. Com ele foram encontrados munições, um colete balístico e um revólver com a numeração raspada.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.
Informes & Opinião

Folha do Vale www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados