Notícias >> Política
  •  

    Em 15/01/2017

     

    Vereadores de Coremas tiveram aumento gigante, mas Câmara poderá não ter dinheiro para pagar todo

     



                    Por Redação da Folha – Embora o trabalho legislativo da Câmara Municipal de Coremas só irá ser iniciado no dia 18 de fevereiro, os vereadores que tomaram posse no começo deste mês para a nova legislatura já vão receber o seu primeiro pagamento do atual mandato a partir do próximo dia 20.

                    O novo subsídio dos vereadores coremenses deverá ter um bom aumento, mas talvez abaixo do reajuste que eles próprios aprovaram na legislatura passada para vigorar na atual: o aumento foi de 55,5%, elevando a remuneração parlamentar mensal de 4.500 para 7 mil reais.

                    O problema é que a Câmara de Coremas poderá não ter dinheiro suficiente para pagar todo esse aumento. O reajuste foi bastante expressivo e os próprios vereadores já estão conscientes de que ele poderá não ser pago integralmente, mas certamente haverá algum aumento salarial para os 11 parlamentares coremenses.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 13/01/2017

     

    Em Itaporanga, vereadores ainda nem iniciaram trabalho e já vão receber 1º salário e com aumento

     



                   Por Redação da Folha - A nova legislatura da Câmara de Itaporanga começou no último dia primeiro, mas o trabalho parlamentar propriamente dito ainda não foi iniciado. O legislativo municipal está de recesso desde meados de dezembro do ano passado e só voltará às suas atividades ordinárias em fevereiro.

                    No entanto, mesmo ainda não tendo iniciado suas atividades legislativas, os vereadores de Itaporanga, empossados no último dia primeiro de janeiro, já vão receber seu primeiro subsídio do ano a partir do próximo dia 20 e, provavelmente, com aumento.

                    A remuneração dos vereadores no ano passado era de 6.300 reais mensalmente, mas eles podem receber este ano, se houver dinheiro disponível, até 8 mil reais, conforme a margem de aumento aprovada pela própria Câmara. No entanto, o legislativo poderá não ter recursos suficientes para pagar todo esse reajuste, sem contar que o subsídio do presidente da Câmara é duplicado.

                    Conforme um dos parlamentares mirins ouvidos pela Folha, a partir deste mês haverá aumento do repasse financeiro para Câmara, mas o dinheiro não dará para pagar um reajuste expressivo. “Acho que haverá aumento em nossos subsídios, mas talvez de apenas uns 300 reais ou pouco mais do que isso”, comentou o vereador.

                                                                                                                                                                        

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 11/01/2017

     

    Novo juiz eleitoral extingue uma das ações investigatórias contra prefeito de Itaporanga. Vejam motivo

     



                Por Redação da Folha – Em sentença prolatada nesta terça-feira, 10, o novo juiz eleitoral de Itaporanga, Antônio Eugênio, determinou a extinção, sem resolução de mérito, de uma Ação de Investigação Judiciária Eleitoral (AIJE) que pedia a cassação do prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas (PMDB), por suposto abuso do poder econômico na eleição municipal passada.

                Conforme despacho do magistrado, a parte autora da ação (coligação Início de um Novo Tempo) foi intimada para juntar aos autos cópia e desgravação da mídia contendo as supostas provas contra o prefeito, mas, transcorrido o prazo estabelecido pelo juiz, os documentos pedidos não foram apresentados, motivando o Ministério Público Eleitoral a pedir o indeferimento da petição inicial e o consequente fim da ação investigatória.

                Diante destes fatos, o magistrado eleitoral julgou pela extinção da investigação eleitoral sem análise de mérito, mas a parte autora poderá recorrer da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

                O prefeito ainda é investigado em outra ação eleitoral, que também apura a captação ilícita de votos e está em fase de instrução. A primeira oitiva de testemunhas poderá ocorrer nas próximas semanas.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

                                                                                       

  •  

    Em 08/01/2017

     

    Novo prefeito de Igaracy diz que herdou dívidas que podem dificultar sua gestão inicialmente

     



              Por Redação da Folha – O novo prefeito de Igaracy, Lídio Carneiro (PTB - foto), assumiu a Prefeitura com muitos problemas e o principal deles, conforme o gestor, são as dívidas deixadas pela administração passada.

                Somente com o INSS, a dívida chega a 800 mil reais em razão da Prefeitura não ter repassado a contribuição previdenciária devida e o gestor municipal teme que as receitas do município deste mês sejam engolidas pela conta, o que dificultaria o pagamento do funcionalismo e a manutenção dos serviços básicos municipais.

                Nos primeiros dias de gestão, o prefeito também recebeu da Energisa um aviso de corte no fornecimento de energia de órgãos municiais, acompanado de uma dívida de 40 mil reais, mas disse que já está negociando com a empresa fornecedora.

                Além das dívidas, Lídio disse que encontrou equipamentos e a frota municipal sucateados e serviços de saúde, como o Samu, parados.  Outro problema é que funcionários de programas federais também ficaram sem receber o salário de dezembro, e nem vão receber por falta de dinheiro, conforme o gestor.

                Embora todos esses problemas, a conta bancária municipal não ficou zerada e graças ao dinheiro da repatriação, mais de 400 mil reais, que chegou ao município no último dia útil do ano passado, mas não pode ser movimentado pela gestão anterior. Uma das ações iniciais do prefeito foi instituir o recadastramento do funcionalismo municipal, o que será feito até o próximo dia 20, para que a nova gestão conheça a realidade funcional de cada um dos seus servidores: cargo, lotação, forma de ingresso no serviço público e ocupação.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 06/01/2017

     

    Em Itaporanga, sindicato fará eleição para nova diretoria, e deverá ser de chapa única

     



    Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - O presidente da Comissão Eleitoral do Sindicato Regional dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Sintraf), Vicente Leite de Melo, publicou edital de convocação destinado à eleição da nova diretoria e conselho fiscal para o quadriênio 2017/2021. A entidade tem sede em Itaporanga e abrange mais dois municípios regionais: Boa Ventura e Pedra Branca.

    O registro das chapas será feito na sede do sindicato, que fica situado à Rua Emília Leite, 15, Loja 3, até cinco dias úteis das eleições. O pleito ocorrerá no dia 28 deste mês, das 8h às 12h, no mesmo local.

    Segundo informações, membros do sindicato teriam chegado a um consenso e apenas uma chapa será lançada, que terá como candidato a presidente o agricultor Janduí Martins.

     Itaporanga tem o maior número de associados do Sintraf: são cerca de 300 ao todo. Em seguida vem Boa Ventura, com 20, e Pedra Branca, com 15 sócios.  Mas só poderá votar o associado que tem mais de seis meses de inscrição no sindicato, esteja com a mensalidade em dia e mais de um ano em exercício na agricultura familiar. 

     

     

     

    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 02/01/2017

     

    Conheçam os novos presidentes das Câmaras de 19 municípios do Vale, entre eles Coremas

     



                 Por Redação da Folha – Todas as Câmaras Municipais do Vale realizaram eleição para presidente nesse domingo, 1º de janeiro, e os novos dirigentes comandarão o legislativo municipal pelos próximos dois anos. A Folha fez um levantamento dos presidentes eleitos nos parlamentos mirins de 19 municípios regionais.

                 O novo comandante da Câmara Municipal de Coremas é o vereador Assis Clementino (PSD), que não teve concorrente na eleição do legislativo. Eleito em chapa única para o biênio 2017/2018, Assis é aliado político da nova prefeita, Chaguinha de Edilson (PDT), que passa a ter forte influência na Câmara Municipal, tendo sob o seu controle a presidência e a maioria dos vereadores.

                 Em Pedra Branca, o presidente da Câmara eleito foi Galego Félix (PR), que é aliado e partidário do prefeito reeleito Allan Bastos. Já em Nova Olinda, o novo presidente legislativo é o vereador Biu de Ramos (PSD), aliado do prefeito Diogo (PSDB).

                O novo presidente da Câmara de Ibiara é Jairo Alves, que é primo e partidário do prefeito Nenivaldo Barros (PSB). Quem passou a comandar a Câmara de Aguiar foi a vereadora Adelana Paulino (PSB), que é esposa do médico Leonardo Cabral.

                Em Diamante, o vereador Edivan Bezerra (PSD), aliado da prefeita Carmelita de Odoniel (PSDB), foi eleito presidente da Câmara Municipal e vai comandar o legislativo pelos próximos dois anos. Em Boa Ventura é o vereador Antônio Neto, partidário da prefeita Leonice Lopes (PSD), quem vai dirigir a Câmara Municipal.

                A Câmara de Olho D’água também tem novo presidente: é Joao Batista (PMDB), o vereador mais bem votado do município. Ele é aliado e partidário do prefeito Genoilton Carvalho. Em Santana dos Garrotes, a vereadora Maria do Socorro Alves Feitoza (PMDB) venceu a disputa pela Câmara Municipal. Ela é aliada do prefeito José Paulo (PSB).

                A disputa pela Câmara Municipal de Curral Velho foi vencida pelo vereador Cleonaldo Leite (PSD), que é aliado do prefeito reeleito Filhinho (PSDB). No Caiana, quem venceu o pleito pela presidência da Câmara foi o vereador Marcos de Dezinho (PP), que integra a base de oposição ao prefeito José Leite (PR). Em Piancó, a oposição também venceu a disputa: o vereador Hermógenes Xavier (PTN) é quem vai comandar o legislativo.

                Em Santana de Mangueira, o novo presidente da Câmara é Renildo Rufino (PSB), que é aliado do prefeito Zé Inácio (PSDB). Em Santa Inês deu João Neto na eleição da Câmara. O novo presidente legislativo é partidário do prefeito João Nildo (PDT). Já o legislativo de Igaracy tem como novo comandante administrativo o vereador Geraldo Antas (PSB), que é oposição ao prefeito Lidio Carneiro (PTB).

                Em Itaporanga, o vereador Neném de Adailton (PMDB) foi reconduzido à presidência da Câmara Municipal, onde ficará por mais dois anos. Ele é aliado do prefeito Divaldo Dantas (PSB). Em Conceição, Samuel Lacerda, que é sobrinho e aliado do prefeito Nilson (PSDB), foi eleito para o comando do legislativo.

                Em Serra Grande, uma vereadora foi eleita para a presidência da Câmara: é Eliane de Chico Burrego (PTB), que é aliada do prefeito Jairo (PSDB). Quem vai comandar a Câmara Municipal de Emas é o vereador Té Nunes, que é partidário do prefeito reeleito Segundo Madruga (PMDB).

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 01/01/2017

     

    Em Caiana, novo prefeito é empossado, e oposição vence eleição da Câmara Municipal

     



                 Por Redação da Folha – Em sessão na manhã deste domingo, primeiro de janeiro, os vereadores da Câmara Municipal de São José de Caiana foram empossados e, em seguida, elegeram o novo presidente do legislativo em um pleito que teve duas chapas na disputa, uma da situação e outra da oposição.

                    Quem venceu a disputa foi o bloco da oposição encabeçado pelo vereador Marcos de Chico de Dezinho (PP), que foi eleito presidente da Câmara para o biênio 2017/2018 com cinco votos. Ele venceu o vereador Deri Carnauba (PEN), que é ligado politicamente ao novo prefeito e obteve o apoio dos quatro vereadores de sua base.

                    Após a eleição da Câmara, o novo presidente legislativo deu posse ao novo prefeito José Leite (PR), que governará São José de Caiana pelos próximos quatro anos, rompendo uma oligarquia política que comandou o município por cerca de 30 anos. Foto: o prefeito Zé Leite, depois da posse, ao lado do seu vice, Manoel Moleque.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 28/12/2016

     

    Prefeito de Conceição fará reforma administrativa e novidades já começam dia primeiro

     



                   Por Redação da Folha – Neste dia primeiro de janeiro, quando tomará posse para seu segundo mandato, o prefeito de Conceição, Nilson Lacerda (PSDB), já tem na cabeça sua primeira ação administrativa: o ato inicial do gestor conceiçãoense será baixar um decreto exonerando todos os comissionados, inclusive os secretários.

                    “No dia 2 de janeiro, só estarão na Prefeitura eu e os servidores efetivos, e será assim pelo tempo possível”, comentou o prefeito durante contato com a Folha nesta quarta-feira, 28. Nesse tempo que passará sem auxiliares comissionados, talvez 15 dias ou mais, Nilson vai pensar as mudanças que fará em uma reforma administrativa que realizará no começo de sua segunda gestão.

                    “Quero dar um choque de gestão dentro de minha própria gestão”, comentou ele, ao argumentar que o seu próximo mandato será um novo mandato, havendo necessidade de ajustes e mudanças no secretariado: alguns atuais ficam; outros, não. “É um novo mandato e temos novos compromissos”, disse Nilson Lacerda.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 27/12/2016

     

    Em Itaporanga, novo prefeito fala quando anunciará seu secretariado

     



                    Por Redação da Folha – Somente no dia primeiro de janeiro, quando tomará posse, é que o novo prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas, anunciará seu secretariado, conforme ele próprio disse nessa segunda-feira, 26. São dez auxiliares de primeiro escalação.

                    Apesar de ainda não existir anúncio oficial, comentários de rua já apontam nomes para diversas secretarias municipais, que podem ser confiados ou não. Pelas especulações, não haverá muitas novidades: gente que já passou pela gestão pública municipal deve ocupar em grande medida o novo governo, mas há novatos também, alguns sem qualquer experiência na área que vão atuar.

                    São dez secretarias municipais a serem ocupadas na nova gestão: Planejamento e Finanças, Agricultura, Saúde, Esporte, Cultura e Turismo, Educação, Administração, Assistência Social, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Infraestrutura e Urbanismo e Chefia de Gabinete.

                  

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 24/12/2016

     

    Dois nomes próximos do comando das Câmaras de Conceição e Pedra Branca

     



             Por Redação da Folha - Em Pedra Branca, o prefeito reeleito Allan Bastos (PR) conquistou sete dos nove assentos da Câmara Municipal, o que garante ao gestor uma maioria folgada no legislativo a partir de primeiro de janeiro, quando será empossado para seu segundo mandato.

                Com uma maioria de mais de dois terços dos vereadores, o prefeito também não terá dificuldade para fazer o presidente da Câmara e o nome indicado por ele deverá ser o do vereador reeleito Galego Félix (PR), que tem tudo para chegar à presidência do legislativo e satisfazer os interesses políticos do prefeito, que, nos últimos dois anos, teve um adversário no comando da Câmara.

                Já em Conceição, conforme o que se especula, o candidato da situação à presidência da Câmara Municipal deverá ser o vereador diplomado Samuel Lacerda (PSDB), que chega ao legislativo pela primeira vez e poderá já comandar a Câmara a partir de primeiro de janeiro.

                Samuel é sobrinho do prefeito reeleito Nilson Lacerda (PSDB), que vai ampliar sua base legislativa a partir de janeiro. Seu grupo elegeu sete dos onze vereadores no pleito de outubro passado e não terá dificuldades para fazer a presidência da Câmara.

                Além de sua ampla base legislativa, o prefeito Nilson conquistou mais um apoio na Câmara: a adesão veio do vereador Roberto de Chicó (PSB), reeleito pela oposição. Ele anunciou publicamente que, a partir de agora, integra o grupo de sustentação do prefeito no legislativo, elevando para oito o números de vereadores aliados do atual gestor, que passa a ter uma amplo domínio político sobre a Câmara.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 21/12/2016

     

    Eleito com base minoritária, novo prefeito de Piancó tomará posse já com maioria na Câmara

     



                     Por Redação da Folha – Com uma adesão já confirmada, a do vereador Waguinho Brasilino (DEM), o prefeito diplomado de Piancó, Daninel Galdino (PSD), elevou sua base legislativa de cinco para seis parlamentares mirins, ou seja, já conseguiu a maioria na Câmara mesmo antes de tomar posse, e a expectativa é de conquistar mais um vereador e ampliar ainda mais seu grupo parlamentar até 1º de janeiro.

                       Ainda não se sabe quem será o próximo vereador a passar para o lado do novo prefeito, mas uma segunda adesão é tida como certa. Com essa maioria, Daniel Galdino não corre risco de perder a presidência da Câmara. Hoje seu principal objetivo político é botar um aliado no comando da Câmara Municipal.

                       Ainda é um mistério o nome que ele indicará para disputar a presidência da Câmara, assim também como é um mistério a sua equipe de gestão: nome nenhum secretário foi divulgado até agora, mas, conforme a própria assessoria do prefeito, tudo faz parte de uma estratégia para a eleição do legislativo.

                       Os cargos de secretário ou, ao menos, alguns deles estão dentro do processo de negociação e articulação dentro da Câmara para conquistas de adesões parlamentares visando eleger um aliado do futuro prefeito na presidência do legislativo.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 16/12/2016

     

    Em decisão cautelar, TCE anula nomeações de concursados em São José de Caiana

     



                  Por Redação da Folha- Em decisão cautelar, o Tribunal de Contas do Estado, através dos conselheiros Adailton Coelho Costa e Arnóbio Viana (relator), decidiu, cautelarmente, nessa quarta-feira, 14, cancelar as nomeações, feitas este mês pela Prefeitura de São José de Caiana, dos candidatos aprovados no concurso municipal do ano passado.

                    Os conselheiros do TCE basearam-se em um artigo da Lei de Responsabilidade Fiscal que proíbe ao prefeito, 180 dias antes do fim do seu mandato, promover o aumento de despesa com pessoal, impactando na futura gestão, o que motivou a corte a prover a medida cautelar querida e anular as nomeações.

                    No despacho, os conselheiros disseram também achar estranho que, somente agora, a menos de um mês para o fim do seu mandato, o prefeito do Caiana tenha resolvido nomear os aprovados de uma vez só, quando, no período de mais de um ano, após a homologação do curso, tenha admitido apenas 26 dos 80 aprovados.

                    A decisão do Tribunal de Contas do Estado acatou requerimento do prefeito eleito do município, Zé Leite, que assume a partir de janeiro e quer conter medidas de fim de mantado do seu adversário político que possam comprometer a nova gestão.

                   O atual prefeito caianense, José Walter, foi citado pela corte de contas e poderá recorrer da decisão, mantendo as nomeações. O mérito do processo também ainda será analisado para que saia o despacho definitivo sobre o caso.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 15/12/2016

     

    Justiça Eleitoral de Itaporanga diploma 65 vereadores e 7 prefeitos, quatro deles reeleitos

     



                 Por Redação da Folha – Em duas horas de solenidade, entre às 19h30 e 21h30 dessa quarta-feira, 14, o juiz eleitoral da 33ª Zona, com sede em Itaporanga, Carlos Barretos, e o promotor Reynaldo Serpa Filho, diplomaram 65 vereadores e sete prefeitos, entre eleitos e reeleitos, no pleito de outubro passado nos 7 municípios que integram o zonal. Vices e suplentes de parlamentares mirins também receberam diplomas, mas nem todos compareceram.

                    O evento ocorreu no auditório da Gerência Regional de Ensino em Itaporanga e atraiu muita gente, principalmente familiares e amigos dos eleitos, mas, como o espaço é pequeno, o acesso foi restrito. Dos sete prefeitos diplomados, quatro vão para o segundo mandato consecutivo: Allan Bastos, de Pedra Branca; Jairo Halley, de Serra Grande; Leonice Lopes, de Boa Ventura; e Joaquim Filho, de Curral Velho.

                    Os três prefeitos eleitos e que pela primeira vez chegam ao poder executivo são Divaldo Dantas, de Itaporanga; Zé Leite, de São José de Caiana; e Carmelita Mangueira, de Diamante.

                    Embora diplomados, alguns dos eleitos estão sendo investigados por captação ilícita de votos pela Justiça Eleitoral e, se posteriormente forem condenados, porão ter seu diploma cassado e perderem o mandato.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 13/12/2016

     

    Na Câmara desde o século passado, vereador de Conceição será diplomado para seu 8º mandato

     



                  Por Redação da Folha – Quando completar 62 anos de idade, no dia 20 de janeiro próximo, o vereador Raimundo Araújo já estará exercendo o seu oitavo mandato legislativo na Câmara Municipal de Conceição. Ao fim da próxima legislatura, serão 32 anos de parlamento mirim consecutivamente, um recorde no estado.

                    Raimundo, que integra o PSDB, foi reeleito para mais um mandato em outubro passado com 524 votos. “Todos votos de amigos, pois não tinha dinheiro para gastar”, diz o vereador, que integra a base do prefeito Nilson Lacerda e foi secretário municipal na atual gestão.

                    Raimundo Araújo, que chegou à Câmara à primeira vez no final da década de 80 do século passado e nunca mais perdeu um pleito para a vereança, será diplomado para mais um mandato na próxima sexta-feira, 16.

                 Ele e os demais eleitos e reeleitos em Conceição, Santana de Mangueira, Santa Inês e Ibiara, municípios integrantes da 41ª Zona Eleitoral, serão diplomados em solenidade, que começa a partir das 19 horas, em um local conhecido como Patrícia Festa, na cidade conceiçãoense.

     

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 12/12/2016

     

    Antecipada diplomação dos eleitos em Itaporanga e demais cidades da 33ª. Vejam quando será

     



                    Por Redação da Folha - Os prefeitos, vereadores e suplentes eleitos nos sete municípios (Itaporanga, Boa Ventura, Caiana, Serra Grande, Pedra Branca, Curral Velho e Diamante), que integram a 33ª Zona Eleitoral, serão diplomados neste dia 14, a partir das 19h, no auditório da Gerência de Ensino em Itaporanga.

                    Inicialmente, a diplomação tinha sido anunciada para o dia 17 e seria realizada pelo juiz Antônio Eugênio em substituição ao magistrado eleitoral Carlos Barreto, que está deixando o município, mas, como a permanência deste na comarca foi prorrogada até o dia 16, dr. Carlos decidiu ele mesmo entregar os diplomas dos eleitos e definiu o dia 14, próxima quarta-feira, para o evento.

                    Segundo as informações do cartório, será um evento simples e sem festa. Os eleitos poderão ir acompanhados de familiares e assessores, mas, como o espaço do evento é pequeno, o acesso poderá ser restrito.

                   

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.
Informes & Opinião

Folha do Vale www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados