Notícias >> Política
  •  

    Em 24/03/2017

     

    Presidente estadual do PHS, itaporanguense deverá disputar vaga na Câmara Federal

     



                   Por Redação da Folha – Atualmente presidindo o PHS (Partido Humanista da Solidariedade) na Paraíba, o ex-superintendente estadual do Dnit, Expedito Leite, poderá ser candidato a deputado federal nas eleições do próximo ano. “A direção nacional do partido tem interesse que eu seja candidato à Câmara Federal e nós estamos nos articulando neste sentido, mas queremos fazer uma discussão ampla com o partido e a sociedade sobre esse projeto”, comentou.

                    Natural de Itaporanga, Expedito esteve na cidade nesta sexta-feira, 24, e pretende ampliar suas visitas ao Vale nos próximos meses para iniciar um trabalho de base visando seu projeto político. Na região, seu partido, que é novo no estado, para onde foi trazido por ele, fez cinco vereadores e um vice-prefeito.

                    Como deverá ser um dos poucos filhos do Vale a concorrer à Câmara Federal, Expedito Leite acredita que seu projeto político poderá ter uma boa repercussão regional, mas sua pretensão é correr todo o estado em busca de apoio popular.

     

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 22/03/2017

     

    Alguns episódios na Câmara de Piancó mostram que nível legislativo pode ter piorado

     



                   Por Redação da Folha – A legislatura passada da Câmara Municipal de Piancó foi bastante questionada pela postura de alguns vereadores dentro do recinto legislativo, não condizente com representantes populares, mas a atual composição legislativa parece caminhar para superar a anterior em críticas populares, embora suas poucas semanas de atuação.

                    Apesar da atual legislatura ter começado há menos de dois meses, muita coisa já aconteceu dentro da Câmara de Piancó que compromete a imagem do parlamento mirim perante a opinião popular: na última sessão, por exemplo, dois vereadores por pouco não trocaram socos e pontapés, mas trocas de insultos pessoais ocorreram aos montes.

                    O vereador Pedro Aureliano denunciou que o prefeito Daniel Galdino estava comprando merenda em Campina Grande, prejudicando o comércio piancoense. Durante a crítica, ele teria provocado o vereador Neguinho Marinheiro, que defende o prefeito, motivando o intenso bate-boca entre os dois. Os vereadores chegaram a se levantar para partir para um confronte físico, mas o presidente da Câmara, Hermógenes Xavier, encerrou a sessão para evitar o pior, prejudicando o andamento dos trabalhos.

                    Em um outro episódio recente, o líder do prefeito na Câmara, José Geraldo, por causa de um simples desentendimento com o presidente, deixou a sessão junto com seus colegas de bancada e prejudicou a reunião, que precisou ser encerrada por falta de quórum. Matérias deixaram de ser discutidas e votadas.

                    Em cada sessão, trocas de insultos pessoais entre vereadores, insinuações provocantes e expressões do tipo “lá fora a gente resolve do jeito que você quiser” distanciam a Câmara Municipal da representação popular, prejudicando seu principal papel institucional.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 20/03/2017

     

    Depois de ouvir testemunhas em investigações eleitorais em Coremas, juiz marca nova audiência

     



              Por Redação da Folha – Três Ações de Investigação Judiciária Eleitoral (AIJE) tramitam na Zona Eleitoral de Coremas, duas delas contra a atual prefeita Chaguinha de Edilson e a outra, em desfavor do ex-prefeito Antônio Lopes. Os dois são adversários políticos e concorreram no último pleito municipal, mas, passada a eleição, a disputa continua no judiciário eleitoral, com acusações recíprocas de abuso do poder econômico e político.

                No dia 9 de março, ocorreu audiência na ação que investiga o ex-prefeito Antônio Lopes, quando testemunhas de acusação e defesa foram ouvidas. Já na última quarta-feira, 16, foi a oitiva das testemunhas no processo eleitoral contra a prefeita e que pede sua cassação.          

                  O juiz eleitoral ouviu várias pessoas, mas sentiu necessidade de ouvir novas testemunhas nas três ações investigatórias e marcou uma nova e única audiência para sequenciar a instrução dos três processos: será no dia 6 de abril. Conforme o cartório eleitoral, como restam poucas testemunhas, será possível encerrar a oitiva nas três ações eleitorais em um único dia.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 15/03/2017

     

    Quase 29 mil eleitores serão recadastrados na Zona Eleitoral de Conceição e cartório diz como está procura

     



                   Por Redação da Folha – Entrou para o 7º dia o recadastramento eleitoral para fins biométricos na 41ª Zona Eleitoral, que é sediada em Conceição e abrange também os municípios de Ibiara, Santana de Mangueira e Santa Inês.

                    São um total de 28.937 eleitores nos quatro municípios, mas metade desses votantes é somente de Conceição, que concentra o maior eleitorado. Conforme o cartório eleitoral, a procura tem sido razoável nestes primeiros dias de recadastramento, uma média de 60 a 70 eleitores têm ido ao cartório diariamente fazer o cadastro biométrico e receber o novo título eleitoral.

                    A tendência, no entanto, é essa procura aumentar. O fim do recadastramento está previsto para dezembro deste ano e quem não realizar a biometria não poderá votar nas próximas eleições, além de sofrer outras sanções civis. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h da manhã às 14h no cartório da Zona Eleitoral.

                    Conforme ainda o cartório eleitoral, postos de atendimento ao eleitor serão instalados posteriormente nas cidades de Santana de Mangueira, Ibiara e Santa Inês para facilitar o acesso do eleitor à biometria e agilizar o cadastro.

     

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 09/03/2017

     

    Câmara de Itaporanga elege um novo presidente, mas ele só assumirá em 2019

     



                Por Redação da Folha – Em eleição realizada na noite desta quinta-feira, 9, a Câmara Municipal de Itaporanga elegeu o vereador Jucivan Araújo (PT) como o novo presidente do legislativo, mas ele só assumirá o cargo em janeiro de 2019 para o último biênio do atual mandato.

                A eleição foi antecipada por Projeto de Resolução proposto pelo próprio vereador, que é ligado ao prefeito, e aprovado pela maioria. A chapa foi única e encabeçada por Jucivan e como vice Neném de Adailton, atual presidente reeleito em janeiro passado.

                A chapa obteve oito votos favoráveis, e três parlamentares mirins se abstiveram: os vereadores Márcio Rodão, Jailson de Zeca e Isabele Mendes, que são da oposição, protestaram contra a eleição antecipada por entenderem que a Câmara tem assuntos mais importantes e urgentes para discutir em um momento que Itaporanga vive graves e grandes problemas.

               

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 08/03/2017

     

    Eleitores de Conceição, Coremas e mais 3 municípios do Vale convocados para biometria

     



              Por Redação da Folha – Foi iniciada na última segunda-feira, 6, e vai a até o dia 19 de dezembro, o recadastramento biométrico para os eleitores da 52ª Zona Eleitoral, sediada em Coremas, e também da 41ª, que compreende Conceição e ainda os municípios de Ibiara, Santa Inês e Santana de Mangueira.

                Com o recadastramento, que pode ser feito no cartório eleitoral de cada zona, os eleitores dessas cidades votarão no próximo ano já com identificação biométrica, garantido mais segurança ao pleito, conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). No Vale, a maior parte dos eleitores já votou nas eleições municipais do passado pelo sistema biométrico.

                O TRE alerta que “É importante que os cidadãos saibam que a não realização do cadastramento biométrico resultará em penalidades como o cancelamento do título de leitor, e, consequentemente, o impedimento de fazer empréstimos em bancos, matricular-se em instituições públicas, tomar posse em empregos públicos, retirar passaporte, entre outras”.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 05/03/2017

     

    Em ao menos quatro municípios do Vale, prefeitos sofrem investigação eleitoral

     



                   Por Redação da Folha – Os prefeitos regionais eleitos ou reeleitos em outubro do ano passado já estão no comando de suas respectivas Prefeituras há mais de dois meses, mas, em ao menos quatro municípios do Vale, o pleito ainda está sub judice, ou seja, será decidido pela Justiça Eleitoral.

                    Isso porque os prefeitos estão respondendo a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) movida pelos seus adversários políticos por supostos abusos do poder político e econômico durante a campanha eleitoral. Esses gestores podem ter os mandatos cassados pelo judiciário eleitoral, mas não é nada fácil cassar prefeitos: são poucos os casos na região.

                    No Vale, alguns dos municípios onde os prefeitos sofrem investigação eleitoral são Itaporanga, Coremas, Diamante e Piancó.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 02/03/2017

     

    Prefeita de Diamante tem bancada minoritária na Câmara, mas não deverá ser por muito tempo

     



                Por Redação da Folha – Numericamente, a prefeita de Diamante, Carmelita de Odoniel, está em desvantagem na Câmara Municipal, contando com somente quatro dos nove vereadores, mas isso a qualquer momento pode se reverter.

                A oposição elegeu cinco vereadores, ou seja, a maioria, mas essa base pode se fragmentar. Conforme o presidente da Câmara Municipal, Edivan Bezerra, que é ligado politicamente à prefeita, é provável que, ao menos, um vereador da oposição adira ao grupo situacionista, o que já estaria sendo conversado.

                De acordo ainda com o presidente, a Câmara de Diamante já voltou às suas atividades e, até agora, não houve nenhum problema para a prefeita pela falta de maioria no legislativo, mas Edivan acredita ser importante para a governabilidade a ampliação da base de Carmelita na Câmara Municipal.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 24/02/2017

     

    Câmara de Itaporanga antecipa eleição para o futuro presidente e é criticada: “tem coisas mais importantes”

     



             Por Redação da Folha – Por maioria de votos, em sessão na noite dessa quinta-feira, 23, a Câmara Municipal de Itaporanga aprovou um Projeto de Resolução que antecipa, para o próximo dia 9 de março, a eleição para o presidente e a Mesa Diretora que vão comandar o legislativo no biênio 2019/2020.

                A antecipação da eleição da Câmara foi proposta pelos vereadores Jucivan Araújo e Hélio do Bar, que têm interesse direto no pleito e querem aproveitar o momento político favorável para realizar a eleição e concretizar seus planos de poder interno. O mandato do atual presidente, Neném de Adailton, que foi eleito no dia 1º de janeiro passado, vai até dezembro de 2018. Com a aprovação, o pleito para o futuro presidente foi antecipado em mais de um ano.

                Apenas dois vereadores votaram contra o projeto: Jailson de Zeca e Márcio Rodão. A vereadora Isabele Mendes também tem uma posição contra a matéria, mas não pode comparecer à sessão por motivos pessoais. Eles acreditam não ser conveniente realizar uma nova eleição da Câmara menos de 70 dias depois de já ter realizado outra.

                Os dois vereadores presentes à sessão criticaram a aprovação do projeto por entender que a Câmara tem assuntos mais importantes para debater e buscar solução, principalmente diante de problemas graves enfrentados pela população, como falta d’água, e muitas dificuldades na saúde e educação.

     

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 23/02/2017

     

    Marcada audiência na ação eleitoral que tramita contra prefeita e vice de Coremas

     



                   Por Redação da Folha – O juiz eleitoral de Coremas, José Emanuel da Silva e Sousa, designou, para o dia 16 de março, a audiência de instrução e julgamento da Ação de Investigação Judiciária Eleitoral (AIJE), que pede a cassação da prefeita Chaguinha de Edilson e seu vice, que são defendidos no processo por seis advogados.

                    Na audiência, prevista para às 9h da manhã no fórum local, conforme publicação no Diário da Justiça, serão ouvidas testemunhas de defesa e acusação, o que dará base para o juiz eleitoral definir sua sentença, que pode ser pela absolvição ou  condenação dos investigados. Prefeita e vice são acusados de abuso do poder político e conduta vedada durante a campanha eleitoral do ano passado, quando foram eleitos.

                    A ação eleitoral foi movida contra a prefeita Chaguinha e seu vice pelo ex-prefeito Antônio Lopes, que foi candidato à reeleição no pleito municipal passado, mas terminou derrotado nas urnas pela atual prefeita.

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 21/02/2017

     

    Vereador faz questionamentos sobre contas de campanha do prefeito reeleito de Pedra Branca

     



               Por Redação  da Folha – Embora tenha aprovado as contas de campanha do prefeito reeleito de Pedra Branca, Allan Bastos, em  novembro do  ano passado, o juiz eleitoral Carlos Barreto observou em seu despacho que “Examinando os autos, restou configurada, conforme parecer ministerial, que a prestação de contas apresenta indícios de irregularidades .... Com relação aos indícios, anoto que a sua existência fere os requisitos de consistência e confiabilidade das contas apresentadas. Todavia, há de se ressaltar que a concretização das mencionadas irregularidades ainda está sendo objeto de investigação pelo Ministério Público Eleitoral, não havendo, portanto, critérios que autorizem a desaprovação ou aprovação com ressalvas das contas em exame, eis que ausente comprovação de sua prática”.

                No entanto, para o vereador de oposição Roberto Rodrigues, as contas não deveriam ter sido aprovadas por muitas razões, mas a principal delas é o fato do prefeito, que é um homem rico, ter declarado ser pobre à Justiça Eleitoral. De acordo com o parlamentar mirim, além de ser gestor municipal, com um bom salário, de exercer a atividade de médico, com uma excelente remuneração, o prefeito é também empresário, mas declarou que é pobre, ou seja, não possui bens móveis ou imóveis. “Faltou com a verdade à Justiça Eleitoral, ocultando seus bens”, comentou Beto.

                Conforme o vereador, o prefeito é sócio-administrador da empresa Bastex Comércio  Têxtil LTDA, que tem um capital de 30 mil reais, e seu nome aparece no Quadro de Sócios e Administradores (QSA), conforme a Receita Federal. “Além disso, é importante registrar que o seu pai, o ex-prefeito Antônio Bastos, passou todos os bens para o nome dos filhos para não pagar a multa nem ressarcir os cofres públicos na ação em que foi condenado por improbidade administrativa”, disse o parlamentar mirim, ao criticar a conduta do atual e do ex-prefeito, filho e pai respectivamente.

     

     

                Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 19/02/2017

     

    Em Piancó, vereador diz que ainda é cedo para avaliar prefeito, mas faz alguns questionamentos

     



                     Por Redação da Folha – Integrante da bancada de oposição na Câmara de Piancó, o vereador Souzinha disse que ainda é cedo para fazer uma avaliação do prefeito Daniel Galdino, que está há 50 dias no poder, mas o parlamentar mirim fez alguns questionamentos sobre a atual gestão municipal.

                       Conforme o vereador, muitas pessoas têm se queixado da dificuldade de acesso ao prefeito em razão, supostamente, de sua ausência da cidade ou, possivelmente, da falta de tempo do gestor para receber as pessoas, conforme Souzinha, ao observar que é preciso o prefeito abrir-se mais para o diálogo e atenção ao povo. "A gente entende que ele precisa viajar em busca de recursos e projetos, mas, quando estiver na cidade, precisa ter maior atenção à população", afirmou o vereador.

                       Outro questionamento do parlamentar mirim é com relação à falta de assistência ao homem do campo. Embora este seja o período que mais os agricultores necessitam do apoio do poder público, pois precisam preparar a terra para o plantio, a Prefeitura não ofereceu, sequer, um corte de terra aos trabalhadores rurais. “O prefeito não pode continuar alegando problemas da gestão passada para justificar a falta de apoio ao homem do campo, até porque seu slogan de campanha foi ‘Pra resolver Piancó’, e o que o povo está esperando é isso”, comentou Souzinha.

                        O vereador também criticou a decisão do prefeito de não realizar o carnaval, uma das festas mais tradicionais da cidade, sugerindo que era possível fazer uma festa sem muitos custos, aproveitando os próprios músicos e blocos locais e resgatando os carnavais de orquestras e charangas. “Aqui a gente tem uma xaranga que dá para fazer o carnaval, que é uma festa em que, se bater em uma lata, junta gente, ou seja, mesmo com pouco recurso é possível fazer um carnaval animado”, disse o parlamentar mirim.

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 15/02/2017

     

    Justiça Eleitoral de Conceição tem novo magistrado, conforme despacho do TRE

     



                   Por Redação da Folha – O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nomeou um novo juiz para o comando da 41ª Zona Eleitoral, que tem sede em Conceição e compreende também os municípios de Ibiara, Santa Inês e Santana de Mangueira.

                    O novo juiz designado para o eleitoral de Conceição é Kleyber Thiago Trovão Eulálio, que já atua como juiz substituto da 1ª Vara Mista da comarca conceiçãoense. Ele substitui o magistrado Antônio Eugênio, que acumulava duas Zonas Eleitorais: além da 41ª, o juiz também atua na 33ª de Itaporanga, onde deverá permanecer.

                    Conforme a corte eleitoral, que publicou o despacho nesta terça-feira, 14, a determinação é uma “obediência ao sistema de rodízio, no período de 01.02.2017 a 31.01.2019”.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 14/02/2017

     

    Decisão do TRE suspende liminarmente ação eleitoral contra prefeito e vice de Itaporanga

     



                 Por Redação da Folha – Em despacho liminar deferido em Mandado de Segurança impetrado pelo prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas, contra a Ação de Investigação Judiciária Eleitoral (Aije) que responde na 33ª Zona, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou a suspensão do processo contra o gestor municipal e seu vice, que são acusados de abuso do poder político e econômico nas eleições municipais passadas.

                 A partir da decisão do TRE, que acatou o Mandado de Segurança, em que o prefeito, através dos seus advogados, pleiteia o fim da ação investigatória, o juiz eleitoral Antônio Eugênio cancelou a audiência de oitiva das testemunhas que estava agendada para o próximo dia 23.

                O juiz também determinou, em despacho publicado nesta terça-feira, 14, o enviou ao TRE das informações solicitadas, notificação ao Ministério Público Eleitoral e a sucessão do curso do processo até o julgamento do mérito do Mandado de Segurança.

                Se, no julgamento do mérito do Mandado de Segurança, o TRE entender que não há falhas no processo, a ação segue normalmente e, em caso de condenação, os acusados perdem o mandato, mas, se forem detectadas irregularidades na ação investigatória, ela poderá ser extinta. No entanto, independentemente do resultado, uma coisa é certa: os investigados já ganharam um tempo precioso com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

  •  

    Em 13/02/2017

     

    Prefeito de Itaporanga nomeia ocupantes para mais dois cargos comissionados

     



                  Por Redação da Folha – Em portarias publicadas nesta segunda-feira, 13, e com efeitos retroativos a primeiro de fevereiro, o prefeito de Itaporanga nomeou mais duas pessoas para cargos comissionados, que são de livre nomeação.

              Foi nomeada MARIA AUXILIADORA SOARES DE ARAÚJO para o cargo de ASSESSORA ESPECIAL, lotada no Gabinete do Prefeito. O outro nomeado é MÁRIO SÉRGIO FIGUEIRÊDO FIRMINO para o cargo comissionado de CHEFE DE SEÇÃO ADMINISTRATIVA DO CRAS, lotado na Secretaria Municipal de Assistência Social.

                    Em um mês e meio de gestão, o prefeito já nomeou dezenas de comissionados, e ainda há muitas vagas para serem ocupadas, mas poucas para o grande número de pessoas que espera algum emprego na Prefeitura na atual gestão.

     

     

                    Proibida reprodução total ou parcial deste texto e imagem. Infratores sujeitos a penalidades cíveis e criminais.

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.
Informes & Opinião

Folha do Vale www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados