Em 15/05/2019

 

Forte chuva surpreende o Vale e deixa principal açude de Itaporanga na boca da sangria

 



           Por Redação da Folha – Quem olhou para o céu no começo da noite dessa terça-feira, 14, não imaginava que chovesse e muito menos o tanto que choveu, até porque maio não é típico de fortes precipitações, mas o céu estrelado da noite deu lugar a uma intensa nebulosidade no começo da madrugada desta quarta e caiu muita água.

            Em Itaporanga, relâmpagos e trovões acordaram os moradores. Muita água também: foram 102 milímetros de chuva, conforme dados da Emater regional. Já segundo o escritório local da Cagepa, o açude de Cachoeira, que abastece a cidade, aumentou quase meio metro em seu nível e poderá sangrar ao longo do dia, porque continua recebendo água.

          Em Pedra Branca choveu 107,3 milímetros, o que levou o açude Dutra, principal reservatório do município, a aumentar seu nível substanciamente. Em Diamante foram 106 mm e em Boa Ventura foram 101,5 mm de precipitação pluviométrica. Já em Nova Olinda, a chuva chegou a 69,9 milímetros, enquanto em Santana dos Garrotes chegou a 38. A precipitação em Curral Velho atingiu 75 mm e, em Aguiar, 51,1 mm. No município de Coremas, 13,2 mm; Santana de Mangueira 42,7; São José de Caiana 45, 2; em Santa Inês 43, 8; e, em Ibiara, 32 mm.

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados