Em 05/04/2019

 

Promotoria apura supostas irregularidades na UTI do hospital de Piancó

 



          Por Redação da Folha - Um Inquérito Civil Público foi aberto pela 1ª Promotoria de Justiça de Piancó para apurar supostas irregularidades no funcionamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital regional Wenceslau Lopes.

            A portaria instituindo o inquérito foi publicada nesta sexta-feira, 5, e a investigação também abrangerá os setores de urgência e emergência do hospital, que é gerido pelo estado. As denúncias partiram do Conselho Regional de Medicina (CRM).

            As primeiras medidas do promotor Bertrand de Araújo Asfora foram determinar que se “oficie à direção do Hospital Wenceslau Lopes, requisitando que, no prazo de 15 dias úteis, a apresentação de projeto para reparação de todos os itens em que o CRM pontuou como irregular ou não existir no referido hospital; designe audiência extrajudicial, notificando a Diretora do Hospital e o assessor jurídico para apresentação do projeto a este Membro”.

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados