Notícias >> Política
  •  

    Em 03/02/2020

     

    Em Itaporanga, pré-candidatos da oposição reúnem-se esta noite e caminham para consenso

     



               Por Redação da Folha – Oito pré-candidatos da oposição à Prefeitura de Itaporanga reuniram-se na noite desta segunda-feira, 3, na busca por um entendimento político: a ideia é que todos unam-se em torno de uma candidatura única para enfrentar o prefeito nas urnas nas eleições municipais.

                Este não é o primeiro encontro das oposições na tentativa de uma união com vistas ao pleito de outubro vindouro, e novamente o consenso entre eles foi de que uma pesquisa deve definir a chapa oposicionista: quem sair melhor posicionado na consulta eleitoral será o candidato.

                Hoje o bloco das oposições é integrado por vários partidos, entre os quais o Cidadania, partido ao qual o governador João Azevedo filiou-se recentemente, MDB, PSOL, PT e PTB, mas há lideranças oposicionistas ainda sem partido.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 23/01/2020

     

    Em Boa Ventura, oposição não se une e poderá novamente ser derrotada

     



              Por Redação da Folha - A prefeita de Boa Ventura, Leonice Lopes, ao que parece, ainda está procurando dentro da própria casa um candidato ou candidata para lançar à sucessão municipal de outubro vindouro. A gestora quer eleger alguém de sua confiança e manter-se influente no poder.

                A prefeita, que está em seu segundo mandato, pretende anunciar oficialmente, em pouco tempo, a sua candidata ou candidato a prefeito, e terá grande possiblidade de eleger o sucessor diante de uma oposição dividida.

                Até agora, as oposições locais não encontraram o caminho do diálogo e dividem-se entre duas pré-candidaturas: a do ex-prefeito Miguel Estanislau e a do juiz Paulo Sandro, que tem o apoio do ex-prefeito Dudu Pinto.

               Conformo o próprio Dudu, “nosso candidato é o Dr. Paulo Sandro”, sinalizando que não abrirá mão da cabeça de chapa, enquanto, pelo outro lado, o ex-prefeito Miguel também mostra disposição de seguir com seu projeto eletivo até as urnas e está contando com o apoio do ex-prefeito Fábio Arruda e poderá também ter o apoio do ex-prefeito Antônio Henrique.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 05/01/2020

     

    Em Diamante, vereador congratula-se com a população e anuncia sua posição política para 2020

     



              Por Redação da Folha – O vereador Coronel Fonseca, do MDB, encaminhou nota à Folha em que se congratula com toda a população de Diamante, desejando a todo o povo diamantense um próspero 2020, com desejo de saúde, paz e felicidades para cada cidadão do município.

                O parlamentar mirim também aproveitou para levar ao conhecimento público sua posição política para o pleito municipal deste ano. Coronel Fonsenca vai disputar a reeleição, ou seja, defenderá, mais uma vez, sua cadeira na Câmara Municipal de Diamante. “Tenho muitas metas traçadas e caminhos a percorrer”, comentou o vereador, ao anunciar também que vai dar apoio e lutar pelo grupo político liderado pelo professor Hermes Filho, que é pré-candidato a prefeito pelo Podemos.

                O parlamentar mirim, que é um dos mais bem conceituados do legislativo de Diamante, também anunciou que vai deixar o MDB e filiar-se ao Podemos, mas isso somente em abril, quando a lei eleitoral assegura aos detentores de mantados eletivos o direito a transferência partidária.

           Sua decisão foi bem recebida pelo pré-candidato Hermes Filho e também pelo ex-prefeito Célio Alberto, outra importante liderança local, conforme o Coronel Fonseca.

     

     

     

     

     

     

     

               

               

     

  •  

    Em 03/01/2020

     

    Atual secretária de administração poderá disputar a Prefeitura de Pedra Branca

     



               Por Redação da Folha – Agente administrativa de carreira e atual secretária de administração do município, Corrinha Bastos, que é filiada ao PL, poderá disputar a Prefeitura de Pedra Branca no pleito de outubro vindouro com o apoio do grupo liderado pelo prefeito Allan Bastos.

                De acordo com o que se comenta na cidade, o prefeito já está reunindo seus aliados e segmentos da sociedade pedra-branquense para discutir a sucessão municipal e apresentar o nome de Corrinha como o preferido do grupo para as disputas municipais.

                Corrinha é tia do prefeito e uma mulher devotada à gestão municipal: são mais de 20 anos como agente administrativa concursada, dos quais 12 como secretária de administração. Se confirmada sua candidatura, será a primeira vez que ela disputará a Prefeitura e poderá ser a primeira mulher a ocupar o executivo municipal na história do município.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 13/12/2019

     

    Com oposição desunida, prefeita de Diamante já pensa em disputar a reeleição

     



              Por Redação da Folha – Embora toda a instabilidade político-administrativa no município de Diamante gerada pelo afastamento por duas vezes da prefeita Carmelita de Odoniel, determinado pela Justiça em função de supostas irregularidades nos gastos públicos, a prefeita, que reassumiu o cargo recentemente, poderá disputar o segundo mandato.

                Essa possibilidade foi sinalizada pelo esposo da prefeita, o médico e ex-prefeito Odoniel Mangueira. A gestora municipal e sua família estão acreditando que não haverá novo afastamento até o fim do mandato, mas seus adversários pensam o contrário: eles acham que os problemas não acabaram, porque os processos cíveis contra a prefeita por improbidade estão correndo e muita coisa ainda pode acontecer.

                No entanto, a grande questão é que os dois principais líderes da oposição, os irmãos Hermes e Hércules Mangueira estão rompido politicamente e deverão ficar em palanques diferentes, o que pode favorecer uma eventual candidatura da prefeita a um segundo mandato ou um outro nome apoiado pelo grupo que está no poder em Diamante.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 08/12/2019

     

    Eleições 2020: prefeito de Conceição responde se já tem candidato ao pleito

     



              Por Redação da Folha – Já caminhando para o último ano de seu derradeiro mandato, o prefeito de Conceição, Nilson Lacerda (PSDB), é sucinto ao ser perguntado se já tem candidato à sucessão municipal de 2020 e sobre quem será o nome escolhido para receber o seu apoio: “só falo de política a partir de janeiro”, resumiu o prefeito.

                Conforme Nilson, há delimitações de tempo e prioridades dentro de sua gestão, de modo que cada assunto tem seu tempo apropriado e o atual momento é de trabalho, ficando as discursões sobre o pleito para dentro do próprio ano eleitoral, que é 2020.

                Segundo ainda Nilson Lacerda, “a partir de janeiro, vamos conversar com o grupo, vamos ouvir cada companheiro, dialogar com os amigos para que a gente possa definir conjuntamente um candidato para as eleições”.

                Dos atuais cinco pré-candidatos a prefeito, quatro são ligados politicamente a Nilson (Samuel Lacerda, Jordana Diniz, Edvaldo Ramalho e Pedro Lacerda) e cada um deles almeja o apoio do prefeito à sucessão. No entanto, o desafio de Nilson é fazer uma escolha consensuada para não deixar arestas e manter o grupo unido, caso contrário poderá favorecer o principal líder da oposição, o ex-prefeito Alexandre Braga, que tenta há duas eleições retomar o poder e já se articula para a próxima.

     

     

     

     

     

     

     

     

               

  •  

    Em 06/12/2019

     

    Ex-prefeito de Coremas vai disputar a sucessão, mas está preocupado com as fake news

     



               Por Redação da Folha – O ex-prefeito de Coremas, Antônio Lopes, está determinado a disputar a Prefeitura no pleito municipal do próximo ano. Filiado ao PSDB, partido ao qual pretende permanecer filiado, o ex-prefeito já busca entendimentos com demais setores da oposição para viabilizar o seu projeto eletivo.

                Antônio Lopes, que é médico e uma das grandes lideranças políticas do município nos últimos 20 anos, está confiante em seu projeto político e tem arregimentado forças para recompor os eu grupo, depois de perder alguns aliados que terminaram cooptados e capturados pelo poder e hoje servem a atual prefeita, que deve disputar a reeleição.

                O ex-prefeito está preocupado com o abuso do poder político e econômico por parte da Prefeitura durante a campanha do próximo ano, porque, conforme sua assessoria, notícias falsas ou incompletas ou meias verdades já começam a ser difundidas com o intuito de prejudicar a sua imagem, com notícias difamatórias supostamente custeadas por terceiros a veículos de comunicação de internet e redes sociais.  “Eles não têm motivo para falar mal de Dr. Antônio e aí ficam inventando coisas, falando de processos que já estão arquivados há muito tempo por falta de provas, mas isso não engana o povo, que sabe diferenciar muito bem o jôio do trigo”, comentou a assessoria do ex-prefeito.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 26/11/2019

     

    Vice rompe com prefeito do Caiana e anuncia sua pré-candidatura à sucessão municipal

     



               Por Redação da Folha – O vice-prefeito de São José de Caiana, Manoel Moleque, que foi importante para a eleição do prefeito José Leite nas disputas municipais de 2016, rompeu politicamente com o atual gestor municipal, conforme o próprio Manoel em entrevista ao programa O Vale em Debate, que é levado ao ar diariamente, das 11h ao meio-dia, pela rádio Correio de Itaporanga.

                Segundo Manoel, apesar de sua importância para a eleição do prefeito e também para a gestão municipal nos anos iniciais, nos últimos meses, ele passou a ser pouco valorizado dentro do grupo e da gestão, motivando seu afastamento. Um outro fator que também insatisfez o vice, conforme ele próprio, foi a demonstração de Zé Leite de não querer cumprir o compromisso assumido de apoiá-lo à sucessão municipal. “Até o segundo ano de gestão, o prefeito dizia que iria governar apenas quatro anos e demonstrava que iria cumprir o compromisso assumido comigo, mas, ultimamente, vem falando que precisa de mais quatro anos para concluir umas obras”, comentou.

                  O vice-prefeito esclarece, no entanto, que não foi a quebra do acordo que o motivou a romper com o prefeito, mas o fato de não estar se sentido bem dentro do grupo pela mudança de conduta do prefeito em relação a ele. “Antes Zé Leite e eu éramos muito unidos, fazíamos tudo combinado, mas, de uns tempos desses pra cá, o prefeito mudou em relação a minha pessoa, parece que na tentativa de me afastar da gestão e por isso eu próprio resolvi me afastar”, comentou ele em contato com a Folha.

                Manoel está decidido a disputar a Prefeitura pelo mesmo partido que enfrentou o pleito de 2016: o PPS. “Tem gente comentando por aqui que eu estou atrás de dinheiro, mas eu quero avisar a essas pessoas que minha honra ninguém compra, porque se eu tivesse atrás de dinheiro não seria hoje o vice de Zé Leite”, comentou, ao dizer que, embora seja pré-candidato, está disposto a conversar com outras lideranças da oposição e realizar uma pesquisa para saber quem está melhor colocado na preferência popular e definir a chapa: "o primeiro na pesquisa é o candidato e o segundo fica com a vice, ou seja, o povo é quem vai escolher a chapa", disse.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 25/11/2019

     

    Em Itaporanga, pré-candidato recepciona presidente estadual do partido

     



               Por Redação da Folha – O pré-candidato à Prefeitura de Itaporanga, o comerciante Lula da Farmácia, e demais integrantes do PSOL local, recepcionaram o presidente estadual da legenda, Tárcio Teixeira, que veio à cidade debater assuntos de interesse partidário com vistas ao pleito do próximo ano e também questões relacionadas ao enfrentamento do partido aos problemas nacionais advindos das ações do governo contra os pobres e trabalhadores.

                O presidente estadual reuniu-se na sede municipal do partido e o debate prolongou-se por algumas horas e, em seguida, Tárcio participou de um almoço na casa do pré-candidato a prefeito, onde novas discussões foram levantadas com vistas à sucessão municipal de 2020.

                O Partido Socialismo e Liberdade terá candidato tanto a prefeito quanto à Câmara Municipal em Itaporanga, com perspectiva de fazer ao menos uma vaga no legislativo municipal de Itaporanga.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 09/11/2019

     

    Partido Solidariedade faz evento em Itaporanga com presença de seu presidente estadual

     



               Por Redação da Folha – Com a presença do presidente estadual da legenda, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, e do presidente municipal, o itaporanguense Expedito Leite, o Solidariedade promoveu um encontro entre seus membros e convidados na noite dessa sexta-feira, 8, no recinto da Câmara Municipal de Itaporanga.

                Conforme os dois principais líderes do partido, a legenda pretende lançar candidatos a vereador no pleito do próximo ano em Itaporanga e também buscar uma participação na chapa majoritária da oposição. O vereador João é um dos membros da legenda, mas há possibilidade da filiação de novos parlamentares mirins ao partido, a exemplo de Márcio Rodão, que falou dessa possibilidade durante discurso no evento.

                No correr do dia, Manoel Júnior, que está reestruturando a legenda por todo o estado, deu entrevistas a rádios locais e participou junto com sua comitiva de um almoço na casa do pré-candidato a prefeito pelo PSOL, Lula da Farmácia. Alguns membros do Solidariedade, entre os quis o vereador João, já anunciaram apoio ao projeto eletivo de Lula.

                No entanto, outros pré-candidatos a prefeito de outras legendas também comparecem ao almoço e ao evento à noite: Ricardo Pinto, dirigente municipal do MDM, Neném de Adailton, também filiado ao partido, o ex-prefeito Audiberg Alves, que integra o PSB, e Herculano Pereira, do PTB.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 30/10/2019

     

    Filho de ex-prefeito é cotado para encabeçar chapa da oposição em Piancó

     



              Por Redação da Folha – Equilibrado, experiente e com um histórico de vida de probidade e honradez, Edvaldo de Caldas Júnior, filho do ex-prefeito Edvaldo, é hoje um nome preferido por uma significativa parcela da oposição para encabeçar uma chapa majoritária nas eleições do próximo ano. “É um dos poucos ou talvez o único que pode tirar Piancó da situação de imoralidades e corrupção em que ela se encontra nos últimos anos”, comentou uma figura local ligada ao grupo oposicionista.

                Até o momento, Edvaldo Júnior ainda não assumiu publicamente qualquer intenção de disputar o pleito, mas cresce o número de pessoas ligadas à oposição que defendem a candidatura de Júnior de Edvaldo, como popularmente é conhecido, a prefeito de Piancó.

                Embora nunca tenha assumido um cargo eletivo, Júnior, que é advogado, já ocupou cargos na gestão pública em nível municipal e estadual, além do que é egresso de uma família que está na política há muito tempo e com uma história de boas práticas no município.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 29/10/2019

     

    Oposição articula chapa com dois ex-prefeitos para tentar retomar o poder em Igaracy

     



               Por Redação da Folha – Já com maioria na Câmara Municipal, o grupo de oposição em Igaracy também quer ter maioria nas urnas no próximo ano. Nos bastidores, há articulações para uma chapa formada por dois ex-prefeitos para disputar o pleito municipal de 2020.

                Conforme um dos vereadores ligados ao grupo, a chapa seria encabeçada pelo ex-prefeito e médico Juciano Farias, e teria como vice a ex-prefeita Deusinha Leite, que tem vínculos políticos com o governo estadual. “A chapa é forte e tem tudo para ganhar a eleição no próximo ano”, comentou o parlamentar mirim.

                A oposição prepara-se para enfrentar nas urnas o atual prefeito, Lídio Carneiro, que faz uma gestão equilibrada financeiramente, mas, como eficiência fiscal não é tudo em um governo, ele costuma ser criticado por pouco favorecimento aos pobres, questionamento o qual o prefeito refuta e classifica como injusto e maldoso.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 21/10/2019

     

    Em Pedra Branca, oposição lança pré-candidatura a prefeito para a sucessão de 2020

     



               Por Redação da Folha – A oposição aproveitou as festividades da Padroeira de Pedra Branca para lançar sua pré-candidatura à sucessão municipal do próximo ano. Durante encontro na noite desse sábado, 19, que contou com a presença do deputado estadual Lindolfo Pires, foi lançado o nome do ex-vereador e ex-vice-prefeito Neto Teotônio como pré-candidato a prefeito.

                Conforme nota encaminhada à redação da Folha, com pedido de publicação, o grupo conta com três vereadores (Beto Rodrigues, Rômulo Teotônio e Geudiano de Sousa) e há perspectiva de um quarto parlamentar mirim, no caso Jaildo Teotônio, que é irmão do pré-candidato, mas atualmente integra a bancada do prefeito Allan Bastos no legislativo.

                 Ainda de acordo ainda com a nota, todas as forças da oposição vão migrar para o Podemos, partido de Lindolfo, e pela legenda deverão lançar chapa majoritária e também concorrer a vagas na Câmara Municipal.

                O encontro contou com a presença de lideranças políticas e empresários locais, todos determinados a levantar a bandeira da oposição no pleito municipal de 2020 e enfrentar nas urnas o candidato apoiado pelo grupo liderado pelo prefeito Allan, que ainda não anunciou publicamente o nome da situação às disputas municipais vindouras.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 28/09/2019

     

    Comerciante filia-se a legenda para concorrer à sucessão municipal em Itaporanga

     



                Por Redação da Folha – O comerciante Lula da Farmácia filiou-se ao PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) e pretende disputar, pela legenda, a Prefeitura de Itaporanga no pleito do próximo ano. Na verdade, desde o começo deste ano, Lula estava em entendimento com o partido e há meses a filiação foi acertada, mas somente agora veio a público.

                O comerciante ainda não falou publicamente sobre a filiação, mas pretende levar ao conhecimento público os motivos de sua ida para o PSOL e também falar do seu projeto eletivo nesta segunda-feira, 30, no programa jornalístico da rádio comunitária Boa Nova FM.

                Com décadas de atuação no comércio farmacêutico de Itaporanga, Lula já ocupou a Câmara Municipal como seu presidente e é uma figura muito popular no município. Apesar do seu projeto de concorrer à Prefeitura, o comerciante tem dito que está aberto a dialogar com outras forças políticas locais, entre elas a advogada Lolosa Figueiredo, que recentemente também anunciou sua pré-candidatura à sucessão municipal.

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 25/09/2019

     

    Advogada anuncia pré-candidatura à Prefeitura de Itaporanga

     



               Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - A conceituada advogada Lolosa Figueiredo revelou à Folha na manhã desta quarta-feira, 25, que vai disputar a Prefeitura de Itaporanga nas eleições municipais do ano que vem pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Ela é uma das fundadoras da legenda no município.

              Sua pré-candidatura nasce de uma vontade da direção estadual de fortalecer o partido em âmbito estadual e municipal. A intenção é disputar a majoritária em vários municípios paraibanos. “Sei que a missão é desafiadora, mas tenho me sentido estimulada a contribuir para a reconstrução da legenda e o fortalecimento da democracia no País”, enfatizou.

              Com relevantes serviços prestados à cidade, sobretudo no campo jurídico e social,  a advogada também falou que pretende fazer uma gestão humanizada, com a implementação de políticas públicas destinadas a atender os mais carentes do município. “Sou pré-candidata não para satisfazer meu ego e nem para aparecer e tampouco roubar o dinheiro público, mas para fazer um governo voltado, principalmente, para o povo”, buscando eficiência nos principais setores da gestão, disse a advogada.

             Lolosa Figueiredo já disputou, sem êxito, uma vaga na Câmara de Vereadores no início da década de 90. Agora mais experiente, está confiante na aceitação popular ao seu projeto eletivo para o pleito de 2020.

             Com inúmeras lutas nos tribunais e na sociedade em prol dos menos favorecidos, a advogada afirmou também que não pretende chegar ao poder pela compra de votos nem com conchavos corruptos, enfatizando que não compactua dessa prática, ao contrário, vai combatê-la, e “espero contar com a confiança dos que gostam de nossa cidade, dos que querem ver nosso município crescer em todos os setores administrativos”.

     

     

     

     

     

     

                   

                   

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados