Notícias >> Política
  •  

    Em 14/01/2019

     

    Comerciante é o 1º a se lançar na corrida sucessória à Prefeitura de Itaporanga

     



             Por Redação da Folha – O comerciante do setor farmacêutico e ex-presidente da Câmara Municipal, Luiz Alberto Tolentino, conhecido popularmente como Lula da Farmácia, anunciou sua pré-candidatura a prefeito de Itaporanga nas eleições municipais de outubro de 2020.

                Conforme Lula, a decisão de uma candidatura já está consumada e ele agora dá os primeiros passos para a consolidação do seu projeto eletivo. “Já conversei com meus pais e vou conversar com toda minha família, porque primeiro preciso do apoio de casa e, depois, vou dialogar com a sociedade, que a fase mais importante do projeto, pois o povo é que decide”, comentou o comerciante.

                Paralelo ao diálogo com a família e a sociedade sobre seu projeto político, Lula busca um partido coerente com suas ideais e propósitos para assinar filiação e concorrer por ele à Prefeitura. “Chega! Itaporanga não aguenta mais, as figuras que estão hoje no poder e as que passaram pela Prefeitura e estão querendo voltar não têm e nunca tiveram nada a oferecer ao município”, disse Lula.

     

     

     

         Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 09/01/2019

     

    Ex-prefeito de Itaporanga é nomeado para cargo lotado no Gabinete de governo

     



                Por Redação da Folha – Em publicação oficial nesta terça-feira, 8, o governo estadual nomeou o ex-prefeito de Itaporanga, Audiberg Alves de Carvalho, para o cargo de Coordenador Regional de Gestão.

                A função é vinculada ao Gabinete do governador João Azevedo, mas não há informações quanto ao tipo de ação prática desempenhada por este cargo na gestão estadual. O ex-prefeito integra o PSB, partido do governador.

                Apesar de ter um expressivo eleitorado, são cerca de 120 mil votantes, e de ter elegido um deputado para a Assembleia ligado a Azevedo, o Vale não emplacou nenhum secretario estadual no novo governo, a exemplo do que aconteceu também na gestão passada, ficando apenas com cargos de segundo ou terceiro escalão.

     

     

              Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 05/01/2019

     

    Partido faz convenção neste domingo em Itaporanga para escolha do seu diretório

     



             Por Redação da Folha – O Partido Progressista (PP) realizará convenção neste domingo, 6, em Itaporanga para a eleição do diretório municipal. O evento será na Câmara Municipal, a partir das 9h da manhã, e contará com todos os filiados e simpatizantes.

                No município, o partido é comandado pelo senhor Silvano Silvino e está preparando-se paras as disputas municipais de 2020, quando deverá ter candidatos a vereador e a prefeito.

                Na Paraíba, o PP elegeu uma senadora nas eleições gerais passadas, Daniele Ribeiro, e conseguiu reeleger Agnaldo Ribeiro para a Câmara Federal. Paras os emantes eleitorais de 2020, a legenda pretende lançar candidaturas em vários municípios do estado.

     

     

     

     

     

  •  

    Em 02/01/2019

     

    Em Piancó, prefeito vence oposição na Câmara e passa a controlar também o legislativo

     



                Por Redação da Folha – A eleição da Câmara Municipal de Piancó ocorreu na noite dessa terça-feira, 1º, e não houve surpresa: com uma base política de seis vereadores, o prefeito Daniel Galdino conseguiu emplacar um nome de sua confiança para presidir o legislativo municipal pelos próximos dois anos.

                O vereador Neguinho Marinheiro (PSD) venceu a disputa pela presidência legislativa exatamente por seis votos contra cinco da oposição, que apoiou a candidatura da vereadora Cristiane Remígio.

                Neguinho substitui Hermógenes Xavier, que é da oposição e não disputou o segundo mandato. Com a eleição de um aliado para a Câmara, o prefeito passa a controlar politicamente o legislativo até o fim do atual mandato.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 01/01/2019

     

    Vereador com maior nº de mandatos no Vale volta a presidir Câmara de Conceição

     



                     Por Redação da Folha – No próximo dia 20, o vereador Raimundo Araújo, do PSDB, completa 65 anos de vida, quase metade deles na Câmara Municipal. Raimundo tem oito mandatos no legislativo e é considerado o parlamentar-mirim da região com o maior tempo de legislativo.

                O vereador, que é partidário e aliado político do prefeito Nilson Lacerda, foi empossado presidente da Câmara Municipal no final da tarde desta terça-feira, 1º, e comandará o legislativo pelos próximos dois anos. Ele substitui Samuel Lacerda, que não disputou a reeleição, e sua eleição ocorreu em novembro, quando a Câmara antecipou seu pleito.

                Essa é a segunda vez que Raimundo Araújo preside o legislativo municipal. Com a Câmara no comando de Raimundo, o prefeito mantém, a exemplo do biênio passado, um controle político sobre a Câmara, onde também ostenta maioria parlamentar, e pretende fazer o seu sucessor na eleição de 2020.

     

     

     

              Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 01/01/2019

     

    Nova Mesa Diretora da Câmara do Caiana toma posse para os próximos dois anos

     



                 Por Redação da Folha – Em sessão legislativa realizada na manhã desta terça-feira, 1º, o novo presidente da Câmara Municipal de São José de Caiana, Judivan Rodrigues, do MDB, foi empossado juntamente com os demais membros da nova Mesa Diretora do legislativo.

                O vereador, popularmente conhecido como Judivan do Carrapato, que foi o mais votado na eleição de 2016 no município, presidirá a Câmara municipal durante o biênio 2019/2020. Seu vice-presidente é o vereador Hélio de Lô, do PTB.

                O vereador Marcos de Chico de Dezinho (PP), que presidiu a Câmara no biênio passado, não concorreu à reeleição, mas integra a nova Mesa Diretora como primeiro secretário. Durante seus dois anos de mandato, Marcos teve uma gestão profícua, conforme reconhecem seus próprios pares: entre suas realizações, destaque para um aumento de 150% no patrimônio da Câmara e outras importantes ações no comando legislativo.

                Como segundo secretário da atual Mesa Diretora está o vereador Ronildo Moura (PSB). O novo comando da Câmara Municipal foi eleito no pleito do legislativo realizado antecipadamente no dia 6 de abril do ano passado.

     

     

     

     

  •  

    Em 29/12/2018

     

    Eleição na Câmara de Ibiara foi neste sábado: oposição vai comandar legislativo

     



                Por Redação da Folha – Em eleição realizada na manhã deste sábado, 29, o vereador Naldim de Rita (foto), do PSB, foi eleito presidente da Câmara Municipal de Ibiara e comandará o legislativo nos próximos dois anos (2019/2020).

                Vereador de primeiro mandato, o parlamentar mirim deixou a base política do prefeito Nenivaldo Barros (PSB) e uniu-se à oposição para conseguir a vitória na Câmara Municipal. Além do apoio dos três vereadores oposicionistas, Naldim também foi votado pelo vereador Jairo Alves, que é o atual presidente, mas não disputou a reeleição.

                Os vereadores fiés politicamente ao prefeito não apresentaram candidato e nem compareceram à eleição legislativa, o que mostra uma profunda ruptura e divisão no parlamento de Ibiara, mas, agora com a maioria e o comando da Câmara, a oposição está fortalecida e tem tudo para vencer os embates parlamentares a partir de janeiro, quando o presidente eleito tomar posse.

     

              Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 26/12/2018

     

    Eleição da Câmara de Pedra Branca aproxima-se e situação já tem candidato

     



                Por Redação da Folha – A eleição para a presidência da Câmara Municipal de Pedra Branca será no dia 2 de janeiro. O novo presidente assumirá o comando gestor do legislativo para o próximo biênio (2019/2020).

                O atual presidente da Câmara é o vereador Galego Félix, do PR, que não será candidato à reeleição, conforme ele próprio. Integrante da base política de apoio ao prefeito Allan Bastos, Galego disse que há um consenso entre os vereadores da situação em torno do nome de Ubiratan Pereira (PHS) para concorrer à presidência legislativa.

                A oposição tem quatro vereadores é minoria, e também deverá lançar candidatura à presidência da Câmara Municipal, mas ainda não há informação quanto ao nome escolhido para representar o bloco na disputa pelo comando da Câmara de Pedra Branca.

     

     

    Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

     

     

     

     

     

  •  

    Em 17/12/2018

     

    Câmara de Santana dos Garrotes com novo presidente, que assume a partir de janeiro

     



                Por Redação da Folha - A eleição legislativa para a escolha do novo presidente da Câmara Municipal de Santana dos Garrotes para o próximo biênio ocorreu na manhã desse sábado, 15, e teve dois concorrentes.

                Por sete votos contra dois, o eleito foi o vereador Augusto Antas (foto), que é do MDB e está no seu segundo mandato. Ele é ligado politicamente ao prefeito José Paulo, que consegue fazer a presidência da Câmara, aumentando ainda mais seu poder de influência sobre o legislativo.

                O vereador que perdeu a disputa é Manoel Teotônio, que é do PSB e foi o parlamentar mirim mais votado nas eleições de 2016. Atualmente, ele faz oposição ao prefeito santanense.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 14/12/2018

     

    Disputa apertada: Câmara de Igaracy elege novo presidente para o próximo biênio

     



               Por Redação da Folha – A eleição para a presidência da Câmara Municipal de Igaracy ocorreu na noite dessa quinta-feira, 13, durante sessão legislativa do parlamento mirim, que atualmente é presidido pelo vereador Geraldo Antas, que não concorreu à reeleição.

                A disputa pela presidência legislativa foi entre os vereadores Geraldo Regina e Antônio Vital, que substit Ademilton Santino na cabeça de chapa, mas a eleição transcorreu tranquila, e o placar foi apertado.

                Por cinco votos a quatro do concorrente, o eleito foi Geraldo Regina (foto), do PRP. Embora ligado politicamente ao prefeito, o presidente eleito da Câmara venceu graças ao apoio dos três vereadores da oposição. Ele assume a partir de primeiro de janeiro e comandará o legislativo até dezembro de 2020.

     

     

     Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 07/12/2018

     

    Dois vereadores disputam comando da Câmara de Igaracy, um deles com apoio da oposição

     



                Por Redação da Folha – Dois vereadores estão inscritos para disputar a presidência da Câmara Municipal de Igaracy. A eleição está prevista para acontecer na sessão ordinária do legislativo no próximo dia 13.

                Os dois postulantes são Geraldo Batista, conhecido como Geraldo de Zé Regina, e o outro é Ademilton Santino, tratado popularmente como Golinha, ambos ligados politicamente ao prefeito Lídio Carneiro, mas um deles tem o apoio da oposição, que é Geraldo.

                A maior parte da chapa de Geraldo é integrada por vereadores da posição ao governo municipal. No caso de vitória, cargos importantes da mesa diretora ficariam com o grupo oposicionista, algo que talvez o prefeito não queira e é provável que tente alguma interferência no pleito, o que é comum em todos os legislativos.

                  Quem vencer a eleição tomará posse dia primeiro de janeiro em substituição ao atual presidente legislativo, Geraldo Antas, que não disputará a reeleição.

     

     

              Matéria exclusiva da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você viu este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). Furto a propriedade intelectual também é crime.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 18/11/2018

     

    Com maioria, oposição de Diamante planeja fazer presidência da Câmara Municipal

     



                Por Redação da Folha – De acordo com alguns vereadores de oposição em Diamante, o bloco oposicionista cresceu e hoje é formado por seis parlamentares mirins, maioria no legislativo municipal. Esse fortalecimento poderá levar a oposição ao domínio político da Câmara, segundo o vereador Detinho Marrocos (foto).

               Agora com maioria consolidada, os vereadores planejam conquistar a presidência da Câmara Municipal, atualmente ocupada por um aliado político do grupo que comanda a Prefeitura.  A eleição da Mesa Diretora da Câmara será no dia 2 de janeiro e a oposição já tem um candidato a presidente: é o vereador Adriano Santos.

               A oposição também planeja aprofundar a fiscalização sobre os gastos da Prefeitura e as falhas da gestão municipal. De acordo com alguns vereadores, há muitos problemas na atual administração e a Câmara precisa dar respostas à sociedade.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 30/10/2018

     

    Em Itaporanga, a comparação entre a abstenção do 1º e 2º turnos das eleições

     



                Por Isaías Teixeira/Folha do Vale – Em Itaporanga, maior colégio eleitoral do Vale, a taxa de abstenção no 2° turno foi maior do que a registrada no 1° turno. Foram 21,30% (3.489) eleitores que não compareceram para votar contra 19,34% (3.167), um aumento de 322 ausentes às urnas na votação do último domingo, 28.

                Com relação à votação no município para presidente, 12.259 eleitores locais, o equivalente a 95,12% do eleitorado total, validaram os votos para presidente no 2° turno, número pouco superior aos votos validados no 1° embate eleitoral, que chegaram a 12 mil (90,85%).

                Sobre os votos em branco e nulos, eles foram maior no 1° turno: os votos brancos somaram 248 (1,88%) ante 158 (1,23); e os nulos alcançaram 960 (7,27%) contra 471 (3,65%).

                De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 16.375 eleitores de Itaporanga estavam aptos a votar no 1° turno, que ocorreu no dia 7 deste mês e 16.377, no 2°, cuja votação se deu no último domingo, 28.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 28/10/2018

     

    Em Itaporanga, adolescente é detido pela PF por suposta quebra do sigilo do voto

     



                 Por Redação da Folha – Policiais federais detiveram um adolescente em sua casa, na Praça Balduino de Carvalho, no centro de Itaporanga, na manhã deste domingo de eleições, 28, instantes depois do jovem supostamente postar em grupos de whats app imagens do seu voto feitas por celular.

                Detido, o adolescente foi conduzido ao fórum da cidade, onde o operativo da PF está instalado, e deverá prestar esclarecimentos ao delegado e está sujeito a procedimento especial por infração à legislação eleitoral, que prever pena de detenção de até dois anos, mas, por se tratar de um delito de baixo potencial ofensivo, não resulta em privação de liberdade.

                As informações são de que adolescente detido é um estudante de boa conduta e, tudo indica, tenha feito as imagens da eletrônica durante o seu voto por desconhecer que se trata de um ato delitivo. Com a difusão das imagens, a polícia tomou conhecimento e fez da detenção.

     

     

     

     

  •  

    Em 23/10/2018

     

    Dos 5 candidatos a federal mais votados no Vale, 4 foram reeleitos e um é marinheiro de 1ª viagem

     



                 Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - O deputado federal Hugo Motta (PRB), de 29 anos, que nasceu em João Pessoa, mas fez carreira política em Patos, sua base familiar e eleitoral, foi o mais votado para a Câmara Federal no Vale. Dos 92.468 votos que obteve em todo o estado, a 5ª maior votação entre os 12 eleitos, a região deu a Hugo 13.430 votos. Essa votação foi superior ao desempenho eleitoral que Motta teve no município patoense, onde foi majoritário com 12.767 sufrágios.

                 Apesar de jovem, Hugo vai para o seu terceiro mandato consecutivo em Brasília. O filho do deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), também reeleito para a Assembleia Legislativa, foi majoritário em 7 dos 20 municípios regionais: Conceição (3.650), Olho D’água (1.658), Boa Ventura (1.460), Santana dos Garrotes (1.440), Catingueira (1.232), Emas (854) e Diamante (789).

                 O segundo candidato mais bem votado na região foi o deputado estadual Gervásio Maia Filho (PSB), de 43 anos, eleito pela primeira vez para a Câmara Federal. Ele teve como principal cabo eleitoral o governador Ricardo Coutinho (PSB) e foi o campeão de votos em toda a Paraíba com 146.860 sufrágios, dos quais 12.682 foram conquistados no Vale. Gervásio é natural de São Paulo, mas suas raízes familiares são de Catolé do Rocha.

                  Herdeiro político do pai, o ex-deputado Gervásio Maia, e do avô, o ex-governador paraibano João Agripino Filho, ambos já falecidos, Gervasinho, como é tratado carinhosamente pela família e amigos, foi o mais votado na região em dois municípios: Itaporanga (2.631) e Nova Olinda (594).

                  Outro parlamentar que obteve uma consagrada votação no Vale e no estado foi o sertanejo de São José de Piranhas, Wellington Roberto (PR), de 59 anos, radicado em Campina Grande há muito tempo. Ele foi o terceiro mais votado na região com 10.659 votos, 9,9% da votação total na Paraíba, que chegou a 107.465 sufrágios, a terceira maior no estado. Reeleito, o deputado foi majoritário em cinco municípios: Ibiara (1.935), Igaracy (1.668), São José de Caiana (1.403), Serra Grande (1.319) e Pedra Branca (1.305).

                 O candidato a federal com a quarta maior votação no Vale foi o campinense Damião Feliciano (PDT), de 66 anos, que obteve 6.592 na região. O marido da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) também foi o quarto mais votado no estado: conseguiu 100.876 votos e renovou o mandato. Ele foi o mais votado em três municípios regionais: Coremas (3.722), Santa Inês (1.302) e Santana de Mangueira (842).

               O também campinense Aguinaldo Ribeiro (PP), de 49 anos, foi o quinto candidato mais bem votado à Câmara Federal no Vale e o segundo no estado. Dos 120.220 votos que teve na Paraíba, a região contribuiu com 4.627 sufrágios. O irmão da senadora eleita Daniela Ribeiro (PP) foi o majoritário em apenas um município regional: Piancó deu-lhe 2.713 votos.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.

 

 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados